TOQUE PRA OGUM BEIRA-MAR NO TERREIRO DO PAI JOEL

Clique nas fotos para ampliá-las!

E novamente o terreiro de Pai Joel estava arrumado para mais um toque pra senhor Ogum Beira-Mar, o guerreiro, o abridor de caminhos. Enquanto os rapazes esquentavam os tambores, Pai Joel e Pai Francisco nos falaram sobre várias questões envolvendo as religiões afro, que estão distribuídas adiante. Começando com Pai Joel, a respeito desse toque, ocorrido no sábado passado.

Hoje vai ser um toque em louvor a Ogum Beira-Mar, que é o meu orixá da frente dessa casa, que vem sempre me proporcionando muitas coisas boas nesse ano. E há de se louvar ele no dia dele. Foi arriada obrigação agora no dia 23, que é o dia dele, com a presença de Pai Francisco, que é o meu pai de santo, que eu passei pra linha dele agora. Eu vim do Candomblé, e agora estou passando, já estou no fundamento dele. Vamos fazer um toque simples, humildemente, como a Umbanda, a Umolocô é, para as pessoas daqui de casa e outras próximas daqui.

Pai Francisco, então, falou sobre algumas especificidades de Ogum e das relações das religiões afro-brasileiras.

Esse toque pra Ogum Beira-Mar, que reina nas águas, é também pra todos os oguns, Ogum de Ronda, Ogum Humaitá, Ogum Sete Ondas. O toque é pra Ogum Beira-Mar, mas ele não vai virar; quem vai virar é o escravo que responde a ele. Seu Ogum só vira quando se vai fazer um bori, a saída do filho de santo. A gente aqui vai louvar a ele, e quem vem é a entidade que presta serviço a ele. É diferente do Candomblé, mas é o mesmo Ogum, só o que muda pra Umbanda são as catulações. No Candomblé ele já vai virar diferente, porque é uma nação. Mas onde tem Umbanda tem Ogum, porque ele é caminho, é ele que abre os caminhos. Todas as entidades tratam as pessoas muito bem, elas são do além, elas vêm pra suprir as necessidades do ser humano aqui na terra tá com maldição, tá com problema. Elas vêm trazer um pouco de alegria, tirando o peso de cima das pessoas. E é como Joel disse, ele passou pra minha linha, onde é tudo bonito, tudo formoso. A gente tá lutando pra ver se endireita as linhas, porque as linhas estão muito cruzadas, pra ver se as pessoas acreditam mais na nossa Umbanda. A nossa Umbanda está muito desacreditada por causa das pessoas que passam trote, enganam. Eu não aceito essas coisas, porque o santo é verdadeiro.

O senhor Cardoso, com seu vozeirão, falou, então ao público presente, puxando um Pai Nosso, para começar o toque.

Muito boa noite a todos. Peço primeiramente que todos nós façamos uma reflexão sobre tudo aquilo que nós passamos no dia-a-dia, as nossas atitudes, certo ou errado, que possamos fazer um exame de consciência, procurando corrigir, agindo melhor em todas as circunstâncias, para que nós possamos evoluir, aperfeiçoando-se numa harmonia em qualquer lugar que nós formos.

Caboca Brava Caboca Ita

Dando continuidade à conversa com Pai Joel, ele falou também sobre os trabalhos realizados por senhor Ogum Beira-Mar.

Seu Beira-Mar, ele tem estrada, ele é caminho, abertura de caminho. As pessoas que têm os caminhos presos, que não prosperam, Ogum está aí pra responder, pra abrir os caminhos e não deixar nenhum filho desesperado, não. Ele veio aqui pra terra por tudo isso aí. Ele veio abrir os caminhos de todos os filhos dele, com muita fé, com carinho, com toda a força que a Umbanda tem, e todas as outras linhas também, acima de tudo Deus e a nossa fé em conseguir prosperar com a vida. Eu estou engatinhando ainda, e pretendo melhorar cada vez mais com a energia que a Umbanda tem.

Caboca Jacira

E olha quem é o escravo de Ogum que viraria, conforme Pai Francisco falou, nada menos do que o alegre e festeiro Zé Malandro, que este bloguinho já conhece da festa passada no terreiro de Pai Joel.

Dona Mariana

Depois, Pai Joel passou a analisar e sugerir propostas para organização para que as religiões afro venham, na prática, a participar como religiões autênticas, uma vez que existe a liberdade religiosa e a pluralidade cultural garantidas constitucionalmente.

Mas não só eu, mas todo o pessoal, organizar mais a federação, procurar visitar os barracões. Quanto mais a gente se unir, mais as coisas vão dar certo, o próprio governo vai ter de dar uma orientação boa no respeito à religião. Aqui em Manaus você é discriminado, muito discriminado. A gente respeita todos, católicos, os evangélicos, eles também têm de respeitar a gente. Nós somos seres humanos igual a eles, somos diferentes apenas pela opção da nossa religião. A federação tem de agir nisso: o que tá errado? O que a federação pode fazer pra melhorar? Tem outros estados onde tem curso de fundamentos, como no Maranhão, Piauí, tem escolas de Umbanda no Rio de Janeiro, escolas de Candomblé, cursos sobre a língua yorubá, sobre folhas, pra ti aprender as qualidades de folhas. É uma faculdade, para as pessoas terem uma melhor formação, está faltando em Manaus uma escola tanto para o Candomblé quanto para a Umbanda. Até mesmo para se defender. Vem os evangélicos e, para ofender, chamam a gente de “macumbeiro”. Você sabe o que é macumba. “Venha cá, você sabe o que é ‘macumba’?” Ele não conhece, parece que eles chegam na igreja, dão uma lavagem cerebral neles, aí saem querendo ofender as crenças dos outros. Como é tudo desorganizado, cada um por si, vem gente, como aquela mulher que deu um golpe de quase um milhão, que saiu na televisão, aí a religião fica desacreditada. A gente tem que se reunir, se organizar mais — federação, terreiro; terreiro, federação — pra poder evoluir numa corrente só.

24 thoughts on “TOQUE PRA OGUM BEIRA-MAR NO TERREIRO DO PAI JOEL

  1. AO SR.PAI JOEL EO PAI FRANCISCO ESTAO DE PARABENS COM ESTE HUMILDE TOQUE PARA SR.OGUM BEIRA-MAR ,EO SEU ZE MALANDRO UM AXE

  2. Venham Todos Para a Grande Comemoracao do Mestre da Jurema no dia 13/09/2003 as 19:30 da noite Todos convidados no Terreiro de pai Joel

  3. A todos irmãos de fé,fasso o convite da homenagem que acontecerá no terreiro de pai Joel,onde prestigia o mestre da Jurema Zé Malandro.
    Realizada no dia 13/09/2008(correção ),as 19:30 da noite.
    Axé para todos,
    e SARAVÁ

  4. ola sou meio leigo no assunto e no momento passo por uma situação um pouco dificil , eu fiz uma consulta com uma entidade e ela me dise que eu e minha familia anda cercado de inveja e que nossos caminhos foram trancados .
    me pediu pra eu fazer uma arriada p/ ogun , exu , beijada e as almas , mas eu não sei o que siginfica ARRIADA, é possivél vc me explicar, fikarei muito grato obrigado e boa tarde …aguardo seu retorno.

  5. tamboreiro de boné ????
    quem é dona mariana ? é uma preta velha ou uma pombagira ?
    nunca vi uma preta velha com roupas brilhosas e esse monte
    de frufru !
    queria saber onde o Grande Ogum beira mar se cruza com candonblé?
    e onde ja se viu um Ogum Beira mar dar passagem para um “malandro”
    em uma gira de Umbanda ou seja la isso que vcs chamam de Umbanda !
    Ogum beira mar é forte humilde e sabio e nunca iria concordar com esse monte de frescura
    Ass filho de Ogum Beira Mar

    1. Bom dia que a paz de ogum iara esteja com todos , não sou deste terreiro mas só salientando o pensamento do irmão de fé acima , um dos principais fundamentos de nóssa religião é a umildade e sim existe caboclos vindos de uma feitura de candonblé , antes mesmo da umbanda cardecista nascida em 1908 no dia 15 de novembro . e aconselho buscar um pouco mais o conhecimento e pedir para o pai Ogum Beira mar guiar seus penssamentos e não deixar a soberba apoderar-se de seu coração . O mundo é movido por duvidas que mediante a mesma se encontrara respóstas inimaginaveis. Vá de encontro ao pai e entenderas coisas que só eles poderam lhe dizer. Um axé a todos

  6. trabalho no centro espirita ogum beira mar caboclo da pedra preta,caboclo itaquari,na rua togo em vila maria,meu pai de cabeça e ogum humaita,gostei mto da materia sobre ogum inclusive ogum humaita,gostaria se possivel saber mais sobre meu pai,pode mandar alguma coisa no meu email.se possivel envie para mim via email a imagem dele.

  7. Caro Pai Joel, estou precisando da sua ajuda mas queria conhecer o senhor e seu terreiro, será que o senhor poderia me repassar o endereço pra eu ir até vc e conhecer mais sobre esse mundo que se chama umbanda, sou um filho de fé e gosto muito de Ogum Beira mar, gostaria muito de conhecer o terreiro onde Ogum é saudado assim como dona Mariana e outras entidades de grande forç e luz, por favor me repassem o endereço por email, fico aguado com toda urgência possível.. Obribrago desde já…

  8. nossa, este rapaz nao é pai de santo mesmo.. cheio de coisas erradas ai.. desde quando ogum beira mar tem a ver com Orisà Ogùn do candomblé? entidade é diferente de divindade meu querido.
    Malandro??? é outra linha, totalmente diferente da linha de ogum beira mar, ogun 7 ondas, ogum iara, ogum megê, ogum 7 espadas.
    sinceramente, selecionem melhor quem irá aparecer neste site.

  9. Que pena, ainda todos acham que sabem tudo! Só os grandes mestres espirituais podem realmente dizer algo mais. Somos todos ignorantes, sabemos pouco ou quase nada sabemos. Respeitar o conhecimento obtido, intuido ou pensado é o grande caminho. Talvez algum dia, poderemos realmente sermos mais fortes e sábios, por enquanto, aprendizes. Respeitosamente, Um abraço queridos irmãos. Pai Ogum Beira Mar ilumine nossas mentes, Luz sobre Luz,

  10. GOSTARIA DE CONHECER O SEU TERREIRO SE POSSIVEL , ENTRAREI EM CONTATO COM VOCE, ME PASSA SEU TELEFONE ENDEREÇO.
    AXE ..

  11. yo quiero conocer . su Terreiro , vivo en Maldonado , Uruguay , Ogun Beira Mar me alluda muchisimo !!!!!!!!!!!! e tenido muchas muestras de que es haci , le dejo mi numero de telefono :098568991 muchas gracias , celeste .

  12. tambien me gustaria conocer su terreiro , ogun Beira Mar ME ALLUDA MUCHISIMO y y quiero saber mas de el !muchas gracias ! . Celeste . vivo en Maldonado , Uruguay

  13. va estudar mais um pouco meu filho sobre camdoble e umbanda tenho 27 anos de ze pilintra e ogum mege seu proprio pai de santo fala de suas corrente cruzadas camdoble em manaus qm manda e oxossi filho procure os fundamento

  14. poderia mandar seu endereço estamos procurando uma casa pra nos ficar minha esposa e eu muito obrigado e muito axé

  15. todos irmão de fé, estou agradecido por poder me expressar não sou conhecedor mais o pouco em que conheço adquiri com o tempo e quando terminar minha jornada nesta terra continuarei não sabendo de tudo. por isso ando, analiso, sinto e vivo cada instante da minha vida junto de meus guias. Um forte abraço a todos irmão de fé e muito axé.I

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.