TEATRO MAQUÍNICO NO DIA DO PSICÓLOGO: AFIN E A MOÇADA DA PSICOLOGIA DO MARTHA FALCÃO

A AFIN – Associação Filosofia Itinerante, em aliança com o educador-filosofante Júlio Carregari, do curso de Psicologia da Faculdade Martha Falcão, promoveram apresentação do vetor do Teatro Maquínico “Diálogo Psicanalítico” na noite desta quinta-feira, 28, em comemoração ao dia do psicólogo.

O Teatro Maquínico da AFIN é um vetor teatralizante que engendra discussões sobre assuntos necessários à construção de comunalidades, convidando a platéia-participante à produção intensiva de saberes e dizeres que enfraqueçam o enunciado redutor-imobilizador das relações concretas.

Trazendo a temática da fossilização da psicanálise como instrumento normatizador-normatizado da semiótica capitalística, que serve menos a uma produção de signos que engendre novos modos de existência mais autônomos do que à redundante repetição dos clichês da sexualidade capturada pela ordem do capital e à triangulação edípica que reduz os problemas ao ‘Papai’ e ignora tudo o mais, a AFIN teatralizou o texto publicado na revista Les Temps Modernes, do filosofante Jean-Paul Sartre. Trata-se de uma transcrição de uma sessão analítica de Jean Jacques Abrahams com seu psicanalista, o Sr. X, e que foi adaptada para o teatro e montada pela AFIN.

Na composição filosofante que aumenta as potências de agir, as cinco turmas do curso de Psicologia da FMF animaram um papo com os afinantes Maurício Colares (Paciente), Peterson Colares (Psicanalista), Marcos José (Encenação/Teatralização), Evanilson Andrade (Contra-Regra), Katiane Silva (Psicóloga) e Aruã (Devir-Criança).

Após o papo intensivo, farta distribuição de revistas, mata-broca, alegria, composições afetivas, sem triangulação nem territorialização dos signos-clichês do edipianismo academicista. Só pintou a alegria intensiva dos fluxos democráticos-desejantes de construção de saberes e dizeres do companheiro Júlio, dos afinados e da turma da Psicologia do Martha Falcão.

O vetor do Teatro Maquínico, “Diálogo Psicanalítico”, é apresentando quando e onde os fluxos desejantes possibilitarem a produção intensiva de saberes e dizeres. Os convites podem ser feitos através dos contatos que você encontra na seção “Sobre a AFIN”, no cabeçalho deste Bloguinho. As apresentações são gratuitas.

1 thought on “TEATRO MAQUÍNICO NO DIA DO PSICÓLOGO: AFIN E A MOÇADA DA PSICOLOGIA DO MARTHA FALCÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.