URUGUAI: CORTE ELEITORAL SÓ EMITIRÁ RESULTADO DEFINITIVO SOMENTE APÓS RECONTAGEM

24 DE NOVEMBRO DE 2019.

A autoridade eleitoral afirma que a disputa acirrada, que mostra diferença aproximadamente 30 mil votos entre os candidatos, impedirá dar um resultado oficial antes de rever toda a votação.

Lacalle Pou e Daniel Martinez (Reprodução)

Segundo a Rede de Observadores Eleitorais que acompanha o processo de apuração do segundo turno eleitoral no Uruguai, a Corte Eleitoral já afirmou para seus analistas que só poderão dar resultados definitivos da votação na segunda-feira (25), após a recontagem dos votos.

A autoridade eleitoral afirma que a disputa acirrada, que mostra diferença aproximadamente 30 mil votos entre os candidatos, impedirá dar um resultado oficial antes de rever toda a votação.

Até as 23h, com pouco mais de 95% dos votos contabilizados, o candidato da direita, Luis Lacalle Pou, tinha 34 mil votos a mais que o representante da Frente Ampla de esquerda, Daniel Martínez.

Quem vencer a disputa deverá assumir a presidência em março de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.