GGN: JUÍZA ADMITE QUE COPIOU MORO E COMETEU “ERROS” NA SENTENÇA DE LULA

Gebran Neto e Hardt também comentaram a notícia de que Moro terá à sua “disposição” a primeira vaga que abrir no Supremo, durante o governo Bolsonaro

Jornal GGN – A juíza Gabriela Hardt admitiu na manhã desta segunda (13) que copiou a sentença de Sergio Moro no caso triplex para condenar o ex-presidente Lula em outro processo, que envolve o sítio de Atibaia. A magistrada ainda disse que está “tranquila” em relação aos erros que cometeu. Entre eles, duplicar o nome de um dos réus, Léo Pinheiro, e o de assinalar que a condenação era por causa do apartamento no Guarujá, em vez do sítio.

Hardt argumentou que é “normal” que juízes utilizem outras sentenças como “modelo” porque, na Justiça Federal, é desnecessário “começar uma sentença do zero”. “A gente sempre faz uma sentença em cima da outra e busca a anterior que mais se aproxima”, afirmou.

Em sua defesa, ela ainda acrescentou que “a fundamentação da sentença [do sítio] não tem nada da sentença anterior [triplex].”

A fala da juíza ocorreu durante palestra em Curitiba, com a presença de Sergio Moro e João Gebran Neto, desembargador do TRF-4 e um dos que condenaram Lula em segunda instância, impedindo sua candidatura em 2018.

Tanto Gebran quanto Hardt comentaram a notícia de que Moro terá à sua “disposição” a primeira vaga que abrir no Supremo Tribunal Federal durante o governo Bolsonaro. Eles afirmaram que o hoje ministro da Justiça tem competência e iria “engrandecer” o STF.

Em 2020, o decano Celso de Mello deve se aposentar. Há, contudo, a hipótese de Gebran assumiu a primeira vaga e Moro entrar no lugar de Marco Aurélio Mello, em 2021. A ideia é atrasar a decisão até que o ex-juiz decida se irá concorrer em 2022 à Presidência.

Leia mais: A barganha em que Bolsonaro prometeu o mesmo cargo no STF a Moro e a Gebran, por Luis Nassif

1 thought on “GGN: JUÍZA ADMITE QUE COPIOU MORO E COMETEU “ERROS” NA SENTENÇA DE LULA

  1. As notícias de hoje é só envolvendo esses concurseiros de direita. Defensores dessa elite que prendeu Lula para Bolsonaro ganhar a eleição. Tudo trama, jogo ardiloso, nenhum deles presta, devemos exigir a prisão de todos esses miseráveis, traidores da pátria. Eles são responsáveis juntos com o Aécio, Temer, Padilha, Angorá, Jucá, Cunha pela situação que vive o povo brasileiro. Demonte no Sus, educação, previdência…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.