i iNDA TEM FRANÇÊiS Qi DiZ Qi A GENTi NUM SEMO SERO

@ DIREITA PSDB/DEM(PFL) EMPLACA MAIS UMA CPI DO FIM DO MUNDO. Capitaneada pelo Orgulho do Amazonas, o inútil senador Arthur Neto, e o senador Álvaro Dias, aquele que inventou o “dossiê Dilma”, a direita partidária brasileira, o trio DEM-PFL/PSDB/PPS, tentam iniciar mais uma CPI. O alvo agora seria a Petrobras, a partir de uma notícia infundada (chamada no meio jornalístico de barriga) do Estadão, que acusa a estatal de usar de meios ilícitos para deixar de pagar impostos, economizando mais de 4,5 bilhões. Numa manobra que evidencia os critérios intelectivos e republicanos que permeiam as suas assinaturas, 32 senadores aclamaram a iniciativa do trio direitista, incluindo o senador Cristóvam Buarque. O fato é que a Petrobrás se aproveitou da legislação existente e de portarias da Receita Federal, que permite às empresas ignorar as variações cambiais ocorridas durante o ano fiscal na hora de calcular o lucro, recurso este usado por várias empresas em todo o país e que nada tem de ilegal, segundo o jornalista, blogueiro e economista, Luis Nassif. O que Nassif não previa era que a direita iria embarcar nesse erro grotesco do jornalismo braziniquim, e que mais, 31 senadores iriam colocar suas assinaturas em um pedido de CPI sem examinar os argumentos apresentados. Talvez percebendo o erro, o Senador Cristóvam retirou a sua. De qualquer sorte, soa paradoxal que o baluarte do governo FHC, seu ex-ministro da casa civil, Arthur ‘5,5%’ Neto, venha à público criticar a gestão da Petrobras, a mesma que o governo do qual ele fez parte tentou, de todas as maneiras lícitas e questionáveis, privatizar. Enquanto Arthur volta aos velhos tempos de “vou dar porrada” no presidente Lula, esquece-se de que, enquanto a herança do governo PSDB para o petróleo nacional foi a sucessão de malfadadas tentativas de privatização (o caso petrobrax, por exemplo), o do governo Lula tem Pré-Sal, Autosuficiência de Petróleo, Brasil cogitado para a Opep… I inda tem françêis…

@ MAIS E MAIS UNIVERSIDADES ADEREM AO ENEM. Até agora, 31 das 55 universidades federais aderiram ao ENEM como matriz de avaliação para o ingresso no ensino superior. Em 18 delas, o ENEM será o único mecanismo de acesso às vagas. Em outras cinco, a prova funcionará como a primeira fase do processo seletivo. Outras preferiram adiar esta discussão para 2010, mas já sinalizando que irão adotar a nova prova de avaliação do ensino médio, que deve acabar com o “decoreba” e o ensino capivarolizado dos cursinhos e escolas-cursinhos. Sinal de que, ao menos da parte do governo, há uma disposição para se transformar a educação brasileira. Resta saber se a mudança paradigmática que pode ocorrer com o novo ENEM, privilegiando o entendimento e a interpretação, também vai atingir os outros atores sociais desta área, a saber, os professores, secretários estaduais e municipais, donos de escolas particulares… Se prevalecer a lógica da indiferença e a financeirização do ensino, não haverá transformação. I inda tem françêis…

@ FRANÇA APROVA LEI QUE CENSURA INTERNET PARA QUEM BAIXAR CONTEÚDO PROTEGIDO. Depois de sucessivas tentativas, finalmente a direita francesa conseguiu aprovar no congresso a lei que cria um órgão de proteção dos direitos autorais na internet e pune quem descarregar conteúdo protegido. Mesmo contando com a oposição dos partidos de esquerda e até de parte da direita, o projeto venceu com facilidade. A pena máxima para quem descarrega um CD, por exemplo, pode ser a expulsão da Web por até dois anos. Há aí um problema que a direita francesa, bem como a mundial, é incapaz de perceber: a inadaptabilidade da ordem tecnológica aos ditames da lei. Na internet, existem mil maneiras de encobrir rastros, e outras mil por serem desenvolvidas. Além disso, o próprio capital aos poucos tem se apropriado do espaço da rede, ao custo de velhas estruturas, como as megagravadoras, por exemplo. Trata-se apenas de uma troca de pele do capital, não uma revolução. E nem os franceses, que se pretendem muitas vezes a vanguarda, seja à direita ou à esquerda, não conseguirão impedir que as informações circulem livremente, de qualquer lugar do mundo. I inda tem françêis…

@ PRÊMIO DA PAZ, QUE LULA RECEBERÁ DA UNESCO, deu na mídia espanhola, mas não deu na brasileira. Quem pescou foi o Opinião, com quem Grupo Beatrice dividiu, e nós, sérios franceses, a este damos os créditos. A notícia, que saiu na capa do jornal espanhol El País, pode ser lida clicando aqui. Enquanto tenta encontrar (diga-se “forjar”) qualquer barriga contra Lula, a presença nacional e internacional de Lula como uma das pessoas necessárias não somente ao fortalecimento econômico e social brasileiro, mas também à preservação democrática de um polo a outro vai a cada dia se consolidando. I inda tem françêis…

@ ARQUIVO NACIONAL RECEBERÁ DOCUMENTOS SOBRE A DITADURA MILITAR (1964-1985). Segundo a Agência Brasil, na edição de quinta-feira passada (14), o Diário Oficial da União trouxe publicada a medida do governo sobre a chamada pública para a apresentação de documentos ou informações referentes ao período da ditadura militar: “De acordo com a Portaria Interministerial n.º 205, as pessoas que tenham acervos particulares sobre o período da ditadura podem entregá-los ao Arquivo Nacional. Fica garantido o anonimato para quem encaminhar os documentos que podem se referir, por exemplo, a perseguição, prisão, interrogatório e possível localização de corpos de desaparecidos políticos entre 1º de abril de 1964 e 15 de março de 1985”. Os documentos que chegarem ao Arquivo Nacional farão parte do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil – Memórias Reveladas, onde se lê a fundamental inscrição democrática: “Para que não se esqueça, para que nunca mais aconteça”. I inda tem françêis…

@ BERLUSCONI DIZ QUE A CRISE É PSICOLÓGICA, enquanto Pib italiano cai 5,9%, a maior queda desde a década de 80. Com essa, para continuarmos sérios franceses, tivemos que nos segurar à cadeira para não soltar estardalhante gargalhada. Está certo que crise mesmo não existe; ou melhor, no Capitalismo vige um estado permanente de crise, senão o Mercado Global não seria lucrativo. Mas crise, no sentido etimológico, quer dizer alteração sistêmica, o que, infelizmente, não se vislumbra. Mais correto seria dizer de um crash regularmente provocado, e Saramago já apontou muito bem onde se encontram e em que boas condições estão os que o provocaram. Mas daí Berlusconi sair-se com um dos clichês mais utilizados por demagogos e minimizadores, empregado constantemente com sentido errôneo e vazio, que talvez até estudante de Psicologia da Ufam saiba diferenciar, só pode ser humor de comediante embusteiro. Segundo a BBC, o enunciado completo de Berlusconi foi: “Nas crises, o fator principal é o psicológico e por isso nosso dever é transmitir confiança e otimismo” . Humor terrificante. Em tempo: Eduardo Braga, governador do Amazonas, já usou o clichê “psicológico” para se referir à violência na cidade de Manaus. I inda tem françêis…

@ A GRIPE H1N1, CHAMADA DE GRIPE SUÍNA, erroneamente, até hoje pela Folha, Estadão, O Globo e congêneres, não deu até agora os frutos que a grande mídia esperava. Ela que, além de sequelada, queria também ser cadavérica, tem que se contentar em dar apenas algum informativo. O rapaz que considerado o primeiro caso confirmado de ter contraído o vírus saiu do hospital e não havia câmeras nem repórteres. Mas O Globo, mostrando-se pior entre os piores, ainda tenta um último proveito, ainda que restrito. O tema é Casos suspeitos de gripe suína crescem em Minas; enquanto a matéria completa diz Número de casos suspeitos de gripe suína cai no país, mas aumenta em Minas Gerais. O aumento a que o jornal se refere é de 7 para 8 casos suspeitos, sendo que em Minas até hoje só houve um caso confirmado. A mídia ainda sonha poder colocar manchetes como essas no topo da página, mas, pelo visto, o máximo que farão é colocar pequenas notinhas sobre o desempenho diligente e responsável do atual Ministério da Saúde, que ela até tentou atrapalhar com seu terrorismo midiático. I inda tem françêis…

Vamos que vamos

Pois se seguirmos essa linha

Não parando em ponto algum

Não iremos chegar nem ficar

Só seguir continuamente seguir…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.