AMAZONINO CASSADO PELA JUSTIÇA ELEITORAL

A Justiça Eleitoral do Estado do Amazonas cassou, em primeira instância, os candidatos eleitos para prefeito, Amazonino Mendes (PTB) e seu vice Carlos Souza (PP). Segundo a juíza Maria Eunice do Nascimento, os advogados dos cassados não apresentaram provas suficientes capazes de descaracterizar a acusação de compra de votos materializada com requisições para adquirir gasolina em posto da cidade de Manaus. Provas apreendidas pela Polícia Federal.

Por sua vez, a defesa de Amazonino e Carlos Sousa vai recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral – TRE.

Com essa decisão a Justiça Eleitoral toma uma posição inédita na história do Amazonas. Como Amazonino faz parte do grupo que durante vinte e cinco anos domina o cenário “político” do Amazonas, a descrença popular era quase que geral. Entretanto, essa decisão jurídica vem mostrar que é preciso ter confiança na justiça.

6 thoughts on “AMAZONINO CASSADO PELA JUSTIÇA ELEITORAL

  1. Amigo, Erivaldo, sem nenhuma intenção de contraria´-lo en sua fé,no fato jurídico histórico,não importa que seja a justiça de Deus, ou dos homens,para democracia o que importa é que é justiça.

    Justos abraços!

  2. Amigo, Otaviano, é uma opinião magna éssa sua, já que você tem nome de imeprador. Só um imperador para saber com toda profundidade política o que é um corrupto.
    Pois é, imperador Otaviano, eles já estão lascados. Alias,moralmente, sempre foram.

    Abraços afinados.

  3. isso é a prova que a justica ainda pode ser feita, acredito que amazonino deposto é a maior porova que a democracia luta pela verdade e esta contra este grupo que esta no poder as tres decados e é um ciclo vicioso….
    XD

    se deus tem algo a ver discordo, justiça dos homens é feita na terra , amazonino que se acerte com deus ou o diabo =P!

  4. Aqui se aceita as coisas muito fácil…os jornais quase não se manifestam sobre o assunto,ninguem comenta nada nas rádios e tv(quando comentam é uma notinha boba como se fosse o aumento do preço do pão)…ninguém põe pra quebrar,e por isso que essa ‘bandidagem legalizada’ tomou conta da administração do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.