*…..::: CHAGÃO! :::…..*

Chagão!

Θ JOVENS JOGADORES CONTINUAM MORRENDO, desta vez foi o camaronês Clement Atangana, de 22 anos, morreu na quinta-feira última, enquanto treinava em sua equipe, o Military Zone 4 Team, do Vietnam. Os médicos ainda não confirmaram, mas a causa da morte provavelmente foi um ataque cardíaco fulminante. É mais um para a extensa lista de corações e músculos massacrados pela ditadura do corpo-mercadoria do futebusiness.

Θ PUNIÇÃO À MILANESA para o goleiro ator global Dida. O comitê de disciplina da UEFA condenou o jogador pela péssima atuação como ator na simulação de agressão no jogo contra o Celtic, na Escócia, pela fase de grupos da Champions League. O castigo: duas partidas de suspensão. E o Milan achou muito; vai recorrer da sentença. Já o Celtic terá de desembolsar €35.760 por suposta falta de organização e mau comportamento do torcedor. Lembrando que, em atuação semelhante, o goleiro chileno Ricardo Rojas, em partida pelas eliminatórias da copa de 90, foi punido com a expulsão do futebol, e seu país proibido de participar de competições internacionais. E ainda tem italiano que diz que a gente não somos sérios…

Θ ELIMINATÓRIAS EURO’2008: por conta da rodada das seleções, não houve campeonatos regionais nos principais campeonatos da Europa. Grupo A: Polônia continua na liderança e venceu o Cazaquistão por 3 a 1. Portugal respirou, e venceu fora de casa o Azerbaijão, 2 a 0. Bélgica e Finlândia empataram sem gols, e os finlandeses seguem com chances. Grupo B: Escócia, líder, venceu a Ucrânia por 3 a 1. Seguida de perto pela Itália, que venceu a Geórgia por 2 a 0, com direito a plágio foquístico do quebra-canelas Gattuso. A França, terceira, goleou as Ilhas Faroe (6 a 0). Grupo C: líder, a Grécia venceu a Bósnia por 3 a 2, em segundo lugar, a Turquia não passou do 1 a 1 com a Moldávia, fora de casa. Grupo D: A Alemanha empatou sem gols com a terceira colocada, Irlanda, e garantiu sua vaga nas finais da Euro’2008. Destaque para os 7 a 0 da Eslováquia (4ª) em San Marino. Grupo E: Croácia, líder, venceu Israel pela contagem mínima. A Inglaterra, segunda colocada, venceu a Estônia por 3 a 0. Grupo F: Suécia e Espanha dividem a liderança, esta com um jogo a mais. Os suecos venceram Liechtenstein por 3 a 0 e os espanhóis, sem Fernando Torres e cheios de problemas, venceram os dinamarqueses por 3 a 1 fora de casa. Para tristeza do Sigur Rós, a Islândia foi goleada em casa pela Letônia, e tem poucas chances de se classificar. Grupo G: Romênia, líder, venceu em casa a Holanda por 1 a 0, no duelo pela liderança. A Bulgária segue em terceiro.

Θ PRÓXIMOS CONFRONTOS DA EURO: Grupo A: Cazaquistão X Portugal, Polônia X Bélgica, Finlândia X Azerbaijão. Grupo B: Geórgia X Escócia, França X Lituânia. Grupo C: Turquia X Grécia, pela liderança, Bósnia X Noruega. Grupo D: Alemanha X Rep. Tcheca pela liderança, Irlanda X Chipre. Grupo E: Russia X Inglaterra. Grupo F: Suécia X Irlanda do Norte. Grupo G: Luxemburgo X Romênia, Holanda X Eslovênia, Albânia X Bulgária. Todos os jogos na próxima quarta-feira!

Θ RODADA DO BRASILEIRÃO: pela 31ª rodada, os jogos acontecendo no sábado, com exceção do clássico carioca entre Vasco e Botafogo. O Cruzeiro marcando touca, empatando com o bom time do Náutico Clube, em 2 a 2. Juventude e Atlético-PR, Sport Club e Figueirense não passaram dos dois bocejos. Corinthians e Internacional, Fluminense e São Paulo, Santos e Palmeiras, ficaram todos no 1 a 1. Flamengo venceu o Paraná Clube por 1 a 0, mesmo placar do Atlético-MG contra o já rebaixado América-RN. O Grêmio venceu o Goiás por 2 a 1, e no clássico, o Vasco da Gama venceu o Botafogo também por 2 a 1. A próxima rodada será nos dias 20 e 21. Classificação: São Paulo (64), Cruzeiro (53), Santos (52), Grêmio (51), Palmeiras (51).

Θ ELIMINATÓRIAS MUNDIAL 2010 SUDAMERICANAS: Na rodada de abertura, o Uruguai sapecou 5 a 0 na Bolívia, com atuação descrita pela imprensa local como um “baile coletivo”. Apesar disso, destaque para Diego Forlán, que vem sendo elogiado pela imprensa esportiva espanhola pelas suas atuações no Atlético de Madrid. Peru e Paraguai engataram sonolentos 0 a 0, dignos da metáfora: dois bocejos. A Venezuela, com um gol antológico quase do meio do campo, venceu fora de casa o Equador. A alviceleste venceu o Chile por 2 a 0, gols do craque deprimido Riquelme, ambos de falta. A seleção Nike-Brasileira entrou em campo, após um atraso de mais de 40 minutos em virtude das fortes chuvas que atingiram a cidade de Bogotá. Com um futebol lento, sem objetividade e voltado para se defender da potência futebolística da América do Sul que Dunga acredita ser a Colômbia, a seleção não ameaçou sequer uma vez o gol local. A Colômbia, com seu tradicional toque-toque chegou com mais perigo, ainda que atabalhoadamente. Destaque para o jovem armador Falcão, de 21 anos, camisa número 9 do time colombiano. No segundo tempo, se era possível, a seleção Nike piorou, e como os colombianos acompanharam o nível técnico do jogo, os times tornaram os 45 minutos finais ótima oportunidade para dormir ou ler. O time é a cara do treinador: amarrado, mau humorado e ressentido. O destaque foi para o técnico Jorge Luis Pinto, que não tem medo da torcida, e depois de ser expulso de campo por reclamação, foi dirigir o seu time diretamente da geral. Final: dois bocejos foi pouco para definir o que foi a partida. Em tempo: segundo o jornal português MaisFutebol, minutos após o jogo, o site da CBF informava vitória do Brasil por 2 a 1, gols de Ronaldinho e Kaká “Embaixador da Globotária na Seleção Nike”. Cinco minutos depois, a notícia foi retificada, mas o jornal português registrou a gafe (mais uma da CBF…). Veja aqui. Veja neste outro um Brasil e Colômbia dos tempos em que futebol brasileiro era carnaval.

Θ “ELES NÃO MERECEM, PELA ALEGRIA QUE NOS DÃO”, é a frase que os torcedores do time uruguaio Rampla Juniors gritam nos estádios. É que o time, líder do Apertura uruguaio, com 19 pontos, embora bem colocado, sofre com a falta de recursos. Seus jogadores e o técnico ameaçaram entrar em greve caso não fossem pagas as dívidas do clube. Após a partida com o Nacional, o clube pagou parte dos salários. Porém, o técnico do time, “Ronco” López, que também trabalha num hospital de Montevidéu, advertiu que se o restante da dívida não for pago, o time não entra mais em campo. Os torcedores se mobilizam para evitar o pior: dão contribuições expontâneas, e até uma rifa foi organizada. Todo o dinheiro arrecadado será distribuído entre jogadores e comissão técnica. Rampla, Defensor e Danubio disputam a liderança e o título do campeonato nacional do Uruguai. Times de relevância histórica, como Nacional e Peñarol estão fora da disputa, apenas cumprindo tabela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.