QUAL É A "ÉTICA" DOS “POLÍTICOS”?

Arthur Neto, uma das amostras da rigidez moral do Amazonas no senado (mas que para alguns é o seu orgulho), vai proferir na Universidade Estadual do Amazonas uma palestra sobre Ética na Política, perguntamos: qual a ética de um senador que ano passado disse que daria uma surra no presidente Lula, sem que Lula tivesse representado nada, além de outra forma de governar? Qual será a ética de quem usou as vítimas do acidente da TAM para atacar o governo? Irá Arthur, o campeão da ojeriza nas últimas eleições, criticar aquele que se autodenomina fundador da UEA, Amazonino Mendes, no sentido de demonstrar a megalomania dos governantes de Manaus/Am?

Na semana passada, Amazonino disse que se a UEA estivesse com dificuldades a culpa seria de Eduardo Braga, que não pensa como ele. Arthur pensa com qual deles, se todos são iguais: não pensam? Será a “ética” de Arthur a mesma que levou-o a agir com violência em relação aos camelôs no Centro de Manaus, quando ele foi prefeito? A mesma de Amazonino, que colocou a polícia fortemente armada para barrar manifestações de professores quando ele era governador? A mesma do guerreiro de sempre Braga, que busca através do marketing esconder a péssima situação física das escolas e a ausência de um entendimento de educação voltado para a liberação das potências dos estudantes? Eticamente, isso não é pensar, por isso todas as suas ações são acidentes repetidos.

O que se percebe no Amazonas é que “ética”, para todos os grupos politicofastros, é uma forma de paralisação, porque um enunciado vazio de significação, baseado no controle, difundido em quimeras e ficções e propagado na dor da exclusão. Por tudo, Arthur, e os demais aqui citados e os outros de seus grupelhos, não possui os elementos existenciais para atualizar um conceito prático de ética como a capacidade de encontro que eleva a capacidade de agir das pessoas para tornar-se uma potência ativa de agir livre e democraticamente no mundo.

1 thought on “QUAL É A "ÉTICA" DOS “POLÍTICOS”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.