MAURO CID “HOMEM BOMBA”, DÁ “SINAIS DE FIDELIDADE” A BOLSONARO, MAS PODE EXPLODIR

0

PF

O ex-ajudante de ordens informou à PF, por exemplo, que tentou liberar o colar retido pela Receita Federal por ordem do próprio ex-presidente

Bolsonaro e Mauro Cid.
Créditos: Reprodução/Youtube

Por Julinho Bittencourt

POLÍTICA – 16/5/2023 ·

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus aliados avaliam que o coronel que Mauro Cid, ex-ajudante de ordens, está “sob controle” e não será um “homem-bomba” no depoimento que prestará nesta semana à Polícia Federal (PF).

O coronel tem sido monitorado por interlocutores do clã Bolsonaro, de acordo com a coluna de Bela Megale. De acordo com seu entorno, Cid tem dado “sinais de fidelidade” ao ex-presidente, mesmo com a troca da defesa do seu advogado por outro, especializado em delação premiada.

Eles acham que Cid deve assumir a culpa e desvincule e atuação de Bolsonaro na inserção de dados falsos de vacina contra a Covid em seu cartão.

Proteger o chefe
Assim como fez o ex-ministro da Justiça e ex-secretário de segurança do Distrito Federal, Anderson Torres, ele deverá proteger o chefe, avaliam.

Aliados de Bolsonaro dizem que Mauro Cid está “100%” alinhado e que não irá delatar, mas…
JORNAL DA FÓRUM
Aliados de Bolsonaro dizem que Mauro Cid está “100%” alinhado e que não irá delatar, mas…
Ninguém, no entanto, garante isso de fato. No caso das joias enviadas pela Arábia Saudita a Bolsonaro e que entraram de forma irregular no Brasil, o ex-ajudante de ordens informou à PF que tentou liberar o colar retido pela Receita Federal por ordem do próprio ex-presidente.

TEMAS
PF
Jair Bolsonaro
mauro cid

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.