NICOLELIS DEFENDE LOCKDOWN NACIONAL DE 21 DIAS E PEDE QUE GOVERNADORES COMPREM VACINAS NO EXTERIOR

“Hora de ousar!”, pregou o pesquisador que coordenou o Comitê Científico do Consórcio Nordeste durante o ano de 2020

 

facebook sharing button
twitter sharing button
whatsapp sharing button
email sharing button

O médico e pesquisador Miguel Nicolelis, ex-coordenador do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, defendeu neste sábado (27) que os governos estaduais adquiram vacinas e implementem o auxílio emergencial por conta própria para garantir um isolamento social eficiente. Neste sábado, o presidente Jair Bolsonaro ameaçou que não vai garantir auxílio caso haja lockdown.

“Estados brasileiros deveriam começar a bancar o auxílio financeiro emergencial para que pessoas possam ficar em casa nos próximos 21 dias. Se o governo federal ñ vai agir, governadores tem que assumir esta responsabilidade para viabilizar o lockdown nacional. Hora de ousar!”, tuitou o pesquisador.

Desde o início de janeiro, Nicolelis defende a implementação de um isolamento social rígido em todo o país. Em entrevista concedida a O Globo na sexta-feira, o médico disse que há a possibilidade de um colapso nacional e exigiu um lockdown em todo o país.

Além disso, o pesquisador defendeu que governadores comecem a buscar meio de garantir a vacinação com empresas que estejam dispostas a vender.“Estados brasileiros tem q ir ao mercado internacional, conjuntamente, e adquirir dezenas de milhões de doses de vacinas de todas as empresas dispostas a vendê-las. Se governo federal ñ vai agir, governadores tem q assumir esta missão emergencial também!”, escreveu no Twitter.

As declarações do pesquisador acontecem após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que os governadores que “fecharem seus estados” é que devem bancar o auxílio emergencial. O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), criticou a postura do chefe do Executivo: “se governadores tiverem que bancar até o auxílio emergencial, Bolsonaro vai provar sua total inutilidade”.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.