MORO É ACONSELHADO POR ALIADOS A SE AFASTAR DE DALLAGNOL

17 DE JUNHO DE 2019.

Moro foi aconselhado também a não defender o procurador

Foto: Pedro de Oliveira/ ALEP

Abalado com o Vaza Jato, o ex-juiz federal e ministro da Justiça Sérgio Moro vai adotar uma estratégia de afastamento do procurador do MPF Deltan Dallagnol. Os dois aparecem como fortes colaboradores nas conversas divulgadas pelo The Intercept Brasil.

Segundo Bela Megale, do O Globo, em sua coluna desta segunda-feira (17), a sugestão de se distanciar de Dallagnol parte do pressuposto de que as conversas divulgadas partem apenas do celular do procurador, pelo menos até o momento, e, por isso, ele necessariamente sairia mais desgastado do caso.

Moro continuará questionando publicamente a veracidade das conversas, mas sem defender o procurador. Essa estratégia também se baseia em uma suposta antipatia que o Congresso teria mais forte pelo membro do MPF do que pelo atual ministro da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.