DANIEL DANTAS E SUA ORELHADA LEGAL

Hoje, dia 16, sendo inquirido na CPI dos Grampos, território onde se encontra muito bem postado, o banqueiro Daniel Dantas, investigado pela Operação Satiagraha, comandada pelo insigne delegado da Polícia Federal, Protógenes — afastado de suas funções pela própria Polícia Federal —, afirmou candidamente que foi vítima de escutas ilegais. Tese de seus advogados para colocar sob suspeição todo trabalho investigativo e analisado pelo delegado e mais o juiz De Sanctis, que o mandou prender por duas vezes, e por duas vezes foi solto por ordem do ministro Gilmar Mendes, presidente do Superior Tribunal de Justiça.

A ORELHADA DE DANTAS

De acordo com afirmações sustentadas tanto pelo delegado Protógenes e o juiz De Sanctis, as escutas efetuadas pelos órgãos federais foram sustentadas por consentimento do Poder Judiciário em sua instância oficial. Portanto, nada fora da legalidade ou mesmo por força do arbítrio. É aqui que entra a orelhada irônica de Dantas. O banqueiro condenado, que foi apelidado de Orelhudo pelo magnânimo jornalista Mino Carta, é tido como o maior violador do direito à liberdade privada telefônica, e de ir e vir. Dantas, o Orelhudo, contratou empresa estrangeira para fazer escuta, e vigiar, até seus considerados amigos. Agora Dantas, o Orelhudo, vem, junto com adeptos seus na CPI do Grampos, usar o recurso de vítima do grampo com o firme propósito, em uma jogada advocatícia das mais manjadas, de querer descaracterizar todas as provas colhidas pela Operação Satiagraha contra ele.

Com esta afirmação, Dantas, o Orelhudo, exibe, sem nenhum laivo de preocupação consigo mesmo, perante o povo brasileiro, sua perigosa patologia TCAE – Transtorno Compulsivo Áudio-Erótico. Prazer erótico de ouvir as conversas dos alheios. Freud talvez chamasse de fetichismo ‘pornosonorolíngue’. Doença que predomina durante as ditaduras de qualquer forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.