A ILUSÃO D'EL REY

“Se não o fizerdes, ou nisto puserdes maliciosamente dilação, certifico-vos que com a ajuda de Deus eu entrarei poderosamente contra vós e vos farei guerra por todas as partes e maneira que puder, e vos sujeitarei ao vulgo e obediência da Igreja e de Sua Majestade e tomarei vossas mulheres e filhos e vos farei escravos, e como tais vos venderei, e disporei de vós como Sua Majestade mandar, e tomarei vossos bens e vos farei todos os males e danos que puder…”

(Trecho do Requerimiento*, lido aos chamados índios, no século XVI, para que se convertessem à fé cristã, professada pelos conquistadores, em nome do Rei da Espanha. Se aceitassem, eram escravizados; se não, eram escravizados).

O tempo passou, El Rey Juan Carlos suspira, porque ainda pensa que é o mesmo. Mas os chamados índios, quanta diferença

Huguito

 

* O trecho foi retirado do livro “As Veias Abertas da América Latina”, de Eduardo Galeano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.