QUE VENHA A PREFEITURA, PROJETO OCEÂNICO POSEIDON…

Depois de abaixo-assinados entregues pessoalmente na SEMOSB, depois de constatar que os telefones de lá, os quais fazem até uma tal “ordem de serviço”, são apenas simulação, depois da troca de Secretário, quando Porfírio Lemos saiu atacando o prefeito Serafim e seu filho, Marcelo Serafim, depois de verem caravanas de técnicos dessa Secretaria, pertencente à Prefeitura de Manaus, fotografarem, medirem, marcarem datas para o início das obras, remarcarem, re-remarcarem, etc, os moradores da rua Rio Jaú, no Novo Aleixo, continuam de bom humor. Passou um caminhão na rua e foi lama pra todo lado, e eles dizendo que agora estão todos milionários, porque jorrou petróleo na rua. Quanto às vegetações que estão tomando de conta da rua, dizem eles que é pelo fato de a Prefeitura está tão preocupada com as questões de meio ambiente, que não vai destruir a flora e a fauna ali presentes, existindo talvez até alguma espécie rara, surgida na/da atual gestão. As crianças, impossibilitadas de brincar de bola na rua, já que não dá condições nem para as pessoas andarem uma ao lado da outra, inventaram um novo jogo: esqui no lodo.

O que atrapalha um pouco o humor de todos é o mal-cheiro e a percepção através da razão de que a rua, nestas condições, é um propício causador de todo tipo de doença. Isso lhes deu a idéia de, em vez de telefonarem para a ineficiente SEMOSBH, tentarem a SEMSA a partir de hoje. Incansáveis, já que os vereadores “acordões” da Câmara Municipal irão amanhã ao Jorge Teixeira, juntos com secretários da Prefeitura, também farão uma faixa com uma pequena frase: ANO QUE VEM TEM ELEIÇÃO!

2 thoughts on “QUE VENHA A PREFEITURA, PROJETO OCEÂNICO POSEIDON…

  1. NOSSA MUITO INTELIGENTE TODOS OS COMENTARIOS RELACIONADOS AS INUMERAS “OBRAS DE MELHORIA” PARA A NOSSA SOCIEDADE, É UMA VERGONHA MESMO…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.