PF DEVE ACIONAR STF PARA INVESTIGAR MICHELLE BOLSONARO, AFIRMA COLUNISTA

0

PF quer apurar se Michelle fez um uso ilegal do cartão corporativo da Presidência da República

Foto: Divulgação/Assembleia de Deus Vitória em Cristo

Os investigadores querem apurar se Michelle fez um uso ilegal do cartão corporativo da Presidência da República, a partir de registros sobre pagamento de despesas pessoais e de seus de familiares.

Em maio de 2023, veio à público suposto desvio de recursos envolvendo Michelle, o ex-assessor de Jair Bolsonaro (PL), Mauro Cid e assessoras.

A investigação apurou que a ex-primeira-dama usava um cartão de crédito de uma amiga, Rosimary Cardoso Cordeiro, que era assessora do senador bolsonarista Roberto Rocha (PTB-MA). A PF apontou que os pagamentos das despesas feitas com o cartão de Rosy eram feitos em depósitos, para tentar ocultar a origem dos recursos. 

Ex-funcionários palacianos relataram também a suspeita de que Rosy repassava parte do salário a Michelle, prática conhecida como rachadinha.

Ana Gabriela Sales

Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.