PREOCUPADÍSSIMO COM A EDUCAÇÃO BRASILEIRA, BOLSONARO CORTA 96% DA VERBA DESTINADA PARA O ENSINO INFANTIL

INIMIGO DA EDUCAÇÃO

Apesar do discurso eleitoreiro, o Orçamento apresentado pelo governo federal revela abandono no apoio à construção de creches e ampliação de vagas

Bolsonaro corta 96% da verba destinada para o ensino infantil.
Créditos: Fabio R. Pozzebom/ Agência Brasil

Por Marcelo Hailer

POLÍTICA – 22/9/2022 · 

Em campanha pela reeleição, Bolsonaro (PL) tem alardeado que, caso seja reeleito, irá aumentar o investimento na educação infantil, porém, o Orçamento proposto para 2023 revela justamente o contrário.

De acordo com a proposta orçamentária do governo Bolsonaro, a verba destinada para a construção do Colégio Militar de São Paulo é 2.840% maior do que o total prometido para a manutenção e implantação de escolas de ensino infantil de todo o Brasil. As informações são do Metrópoles.

Segundo dados do Projeto de Lei Orçamentária (PLO) para 2023 enviado pela gestão federal ao Congresso Nacional, o governo Bolsonaro, por meio do Ministério da Defesa, pretende gastar R$ 147 milhões para executar 40% da construção de um colégio militar na cidade de São Paulo, capital paulista.

A referida Escola Militar de São Paulo foi anunciada por Bolsonaro em 2020, mas a obra segue em atraso. O espaço educacional de verve militar seria construído no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista.

 

ELEIÇÕES 2022
Após romper com Ciro, brizolistas históricos participam de ato com Lula no RJ
Ao anunciar a construção da Escola, Bolsonaro revelou que a obra seira composta por dois pavilhões de salas de aula, um campo de futebol, pista de atletismo e um parque aquático. À época, a obra foi orçada em R$ 130 milhões e que seria entregue até o fim deste ano.

Dados do Portal da Transparência revelam que o Comando do Exército gastou, até agora, R$ 92,8 milhões na obra, que ainda não passa de um grande esqueleto.

Com os R$ 147 milhões previstos no Orçamento para 2023, a obra, se finalizada, terá tido um custo de 84% maior do que o previsto inicialmente.

O gasto da gestão de Bolsonaro com a Escola Militar de São Paulo revela um total descaso de sua gestão com a educação infantil, pois, o Orçamento para 2023 prevê apenas R$ 5 milhões para a educação infantil. Tal valor representa um corte de 96,6% para tal área da educação.

Como se sabe, o Brasil vive um enorme déficit de vagas na educação infantil e, ao contrário de propaganda, a gestão de Bolsonaro pouco se empenhou para mudar tal realidade. Estima-se que 5 milhões de crianças aguardam por uma vaga.

 

 

Com informações do Metrópoles.

TEMAS
Bolsonaro
creche

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.