NO AMAZONAS, ELEITORES SE CONVERTEM E COLOCAM DEUS ACIMA DE BOLSONARO: LULA 48% E BOLSONARO 35%. O VÍCIO LEVA NO 1° TURNO. AJURICABA GARGALHA!

0

PRODUÇÃO AFINSOPHIA.ORG

 

Na eleição de 2018, os eleitores amazonenses que eram considerados por muitos como democraticamente-racionais, tiveram um surto de alienação-mistificadora e apoiaram o candidato da extrema-direita, o antidemocrata, Bolsonaro que estimulou, com seu comportamento obnubilado a revelação das forças-ocultas da miséria-existencial que se encontrava escondida nos guetos-paranoicos-alucinantes do estado que entristeceu Ajuricaba.

 

Foi a glória da desrazão da abstração malsã do “deus acima de todos”. O entorpecimento-mórbido passou a perambular ostensivamente pelo estado e, principalmente, pela cidade de Manaus de forma orgulhosamente-despudorado. Era a tirania da inveja e da dor se tomando como princípio de realidade necessário à felicidade de todos. Na verdade, projeção fragmentada das percepções abstratas que não contém representações-mentais com referenciais no mundo real-objetivo.

 

Hoje, quatro anos após o surto de alienação-mistificadora, eleitores-amazonenses, se auto-psicoanalisaram, e passaram a vivenciar o mundo amazônico de forma clara e distinta em contato com a realidade-objetiva afastados das obnubilações-bolsonaristas afirmando com racionalidade suas dimensões de empatia-humana. Diante do real-quadro de objetividade democrática, não há Democracia sem o uso da Razão, Ajuricaba gargalhou em festa com a Tribo.

 

E para confirmar a realidade vicejante do agora, os eleitores expressaram seu Estar-No-Mundo-Democrático através da pesquisa do instituto Ipec contratado pela Rádio TV do Amazonas mostrando “deus acima de todos” os bolsonaristas: Lula 48% e o fim de feira 35%. Vitória folgada no primeiro turno.

 

Lula (PT): 48%

Jair Bolsonaro (PL): 35%

Ciro Gomes (PDT): 6%

Simone Tebet (MDB): 1%

Vera Lúcia (PSTU): 1%

Sofia Manzano (PCB): 0%

Roberto Jeferson: 0%

Branco/nulo: 5%

Não sabe/não respondeu: 4%

 

A pesquisa foi presencial com 800 eleitores entre 18 e 24 de agosto. A confiança é de 95% e a margem de erro de três pontos. Registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-09878/2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.