COISAS DELES: BOLSONARO E MICHELLE ALMOÇARAM COM GUILHERME DE PÁDUA, ASSASSINO DA ATRIZ DANIELLA PEREZ

Primeira-dama Michelle Bolsonaro ao lado de Juliana Lacerda, mulher de Guilherme de Pádua, em foto durante o encontro. Foto: Arquivo Pessoal

No último domingo (07), o presidente Jair Bolsonaro (PL) e sua mulher, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, visitaram a igreja na qual o ex-ator Guilherme de Pádua, assassino da atriz Daniella Perez, é pastor, e também participaram de um almoço na companhia dele e da esposa, Juliana Lacerda, em Belo Horizonte. A informação é da jornalista Fábia Oliveira.

 

A celebração aconteceu na Igreja Batista da Lagoinha e contou com a presença do presidente. Após o culto, em que a primeira-dama discursou por cinco minutos, Guilherme e Juliana foram convidados para um almoço.

Segundo pessoas próximas do assassino, é possível que ele tenha pretensões políticas e até possa concorrer a algum cargo político. No entanto, ele tem evitado expor a aproximação com o presidente e a primeira-dama, para que sua imagem não seja associada à deles, o que também poderia afetar a família Bolsonaro na corrida eleitoral.

O pastor Márcio Valadão, que comanda a igreja, chegou a comentar o caso de Guilherme de Pádua e sua ida para a instituição.

“O Guilherme cumpriu a pena. Ele é uma bênção. Nenhum de nós somos os mesmos, constantemente somos transformados pela misericórdia de Jesus”, escreveu ele.

A Igreja da Lagoinha recebeu o ex-ator após ele sair da prisão, em 1999, depois de ficar detido por 6 anos e 9 meses.

Em 1992, Guilherme de Pádua foi condenado a 19 anos de prisão pela morte de Daniella Perez, filha da escritora Glória Perez. O corpo da jovem foi encontrado em um matagal na Barra da Tijuca, bairro do Rio de Janeiro, perfurado por cerca de 18 punhaladas.

O ex-ator, que é bolsonarista, cometeu o crime juntamente com sua então esposa Paula Thomaz. Os dois foram condenados por homicídio qualificado a quase 20 anos de prisão. O júri popular acatou a tese da acusação de que o casal premeditou tudo.

O assassinato e a investigação são contados em detalhes no documentário “Pacto Brutal – O Assassinato de Daniella Perez”, lançado no dia 21 de julho pela HBO Max.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.