JANONES: “BOLSONARO MENTE SOBRE BANDEIRA QUE NUNCA SERÁ VERMELHA; ELE A COBRIU DE SANGUE”

ELEIÇÕES 2022

O deputado desistiu oficialmente de sua candidatura à presidência da República para apoiar Lula

André Janones.
Créditos: Câmara dos Deputados

Por Julinho Bittencourt

POLÍTICA – 5/8/2022 · 

O deputado federal André Janones (Avante) afirmou em sua contado Twitter nesta sexta-feira (5), que o presidente Jair Bolsonaro (PL) mente ao dizer que “Nossa bandeira nunca será vermelha”.

De acordo com o deputado, “estamos perto da marca de 700 mil brasileiros mortos pela COVID. Nossa bandeira é mais vermelha do que nunca, só que de sangue! Que possamos ficar livre logo das ‘MORTOciatas’ e dessa celebração diária da morte!”

VÍDEO: André Janones desiste da candidatura para apoiar Lula

Apoio a Lula
Janones desistiu oficialmente de sua candidatura à presidência da República para apoiar Lula. Ambos se reuniram, nesta quinta-feira (4), em São Paulo, e bateram o martelo.

Janones já havia sinalizado essa possibilidade. Ficou decidido que o deputado vai integrar o núcleo de redes sociais da campanha do ex-presidente.

A campanha de Lula tinha o objetivo de conseguir o apoio de Janones. Os petistas consideram essenciais os votos que iriam para o deputado para uma possível vitória no primeiro turno contra Bolsonaro, mesmo que representem 1% do eleitorado, conforme indicam as pesquisas.

“O companheiro Janones construiu sua trajetória debatendo em supermercados e feiras. Quando ele traz uma proposta para acabar com a fome, fica fácil de construir uma aliança política”, ressaltou Lula.

“Com o apoio do Janones e do Avante juntamos a fome com a vontade de comer. Infelizmente, a fome não saiu da pauta no Brasil. Ao contrário. Hoje, temos gente de classe média usando cartão de crédito para ter o que comer”, acrescentou o ex-presidente.

TEMAS
André Janones
Lula
Bolsonaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.