SÓ TEM ELEIÇÃO NO BRASIL SE O BRAGA NETTO DEIXAR

Estadão informa que o general pagou de xerife e ameaçou pessoalmente Arthur Lira com um golpe. Mas você deve estar se perguntando: quem é Braga Netto na fila da cantina? Calma, ele é só mais um senhor de pijama – Por Henrique Rodrigues

 

facebook sharing button

O Brasil acordou hoje e… pá! Tava lá, na manchete do diário conservador paulista O Estado de S. Paulo, o vulgo Estadão:

“Ministro da Defesa faz ameaça e condiciona eleições de 2022 ao voto impresso”

Ok, mas quem é o ministro da Defesa?

É o general Walter Braga Netto, amigo de motocada de Jair Bolsonaro, um veterano da caserna que desde a chegada do bufão (que não bufa) à Presidência da República tornou-se um dos maiores fiadores, se não o maior, de um golpismo amalucado e mofado que só encontra eco nas camadas fossilizadas do Brasil.

Parece que foi assim mesmo. Como um xerife do século XVIII que tutela as terras áridas do Colorado, chegou carteirando e avisando que se não aprovarem a estúpida ideia do entupido do Planalto, de colocar uma maquininha que cospe uma papeleta com o voto impresso na urna, bye-bye eleição de 2022.

Meus caros, acabaram os resquícios vestigiais de vergonha na cara que essa gente ainda mantinha. O chefe dos escoteiros apareceu na Câmara dos Deputados, com três anciãos vestidos com paramentos coloridos e medalhinhas zinabradas, e foi falar na cara do chefe do Legislativo que é ele quem determina se haverá ou não eleição no país.

A notícia correu como um rastilho de pólvora e as cobranças vieram de todos os lados. A pergunta até então mais pertinente é: quem soltou isso na rua? Como pode esse substrato de autoritarismo anacrônico e embolorado ainda persistir num país que jurava ter se livrado da casta parasitária que há mais de um século golpeia e chupinha o Brasil, que vive sentada nas poltronas das regalias e das mamatas?

Amigos, quem é Braga Netto na fila da cantina?

Ou o caso é psiquiátrico e em duas semanas ele vai falar que é o Duque de Caxias, ou realmente o desocupado constipado do Alvorada está pondo em marcha um inacreditável golpe de Estado em moldes retrô, com tanques e caminhões camuflados nas ruas

Braga Netto é só mais um senhor de pijama que nos custa os olhos da cara, mas nessa brincadeira de telefone sem fio é prudente rastrear o recado e saber quem o mandou à Câmara para brincar de Forte Apache.

Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião da Revista Fórum.

Avatar de Henrique Rodrigues

Henrique Rodrigues

Jornalista e professor de Literatura Brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.