LUIS NASSIF: BRAGA NETTO USA FFAAS DE BIOMBO PARA SE DEFENDER

 

No dia 17 de março de 2020 criou um Gabinete de Crise para articular e monitorar as ações interministeriais para o combate ao Covid-19. E entregou ao Ministro-Chefe da Casa Civil, general Braga Netto

Seria um super-gabinete, com representantes de ministérios, empresas públicas e agências reguladoras. Englobaria os Ministérios da Saúde, Justiça e Segurança Pública; Defesa; Relações Exteriores; Economia; Cidadania; Mulher, Família e Direitos Humanos; Secretaria-Geral da Presidência; Secretaria de Governo; Gabinete de Segurança Institucional (GSI); Advocacia-Geral da União (AGU); Controladoria-Geral da União (CGU) e do Banco Central. E de Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), pelo Banco do Brasil, pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O que fez essa autêntica máquina de guerra?

Segundo os técnicos do Tribunal de Contas da União (TCU):

* omitiu-se diante no monitoramento do consumo de oxigênio, 

* omitiu-se na emissão de diagnóstico sobre a segunda onda de contaminação e 

* omitiu-se em projeções sobre a disponibilidade de leitos para pacientes com a covid-19.

Na sua resposta, já Ministro da Defesa, Braga Netto invocou o número mágico de que “o Brasil é um dos países com maior número de recuperados, quase 12 milhões de pessoas˜.

Trata-se de uma conta falsa. Segundo a John Hopkins University, a taxa de recuperação, em relação ao número de casos, é de 34,9%. E apenas 5% das pessoas contaminadas exigem cuidados intensivos.

Nas estatísticas que interessam:

* 3o país em número de casos, apenas atrás dos Estados Unidos e da Índia.

* 2o país em número de óbitos, atrás apenas dos Estados Unidos.

* 6o país em óbitos per capita, entre 180.

* 7o país em óbitos per capita na última semana.

* primeiro país em óbitos totais na última semana, com 15,2% dos óbitos mundiais.

Mais que isso, a CPI já requisitou e-mails e documentos da Casa Civil no período em que Braga Neto esteve por lá. Os documentos certamente mostrarão seu empenho pessoal nos negócios da vacina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.