PESQUISA XP MOSTRA BOLSONARO EM DESGRAÇA INCONTIDA: PERDE PARA LULA POR NOVE PONTOS DE DIFERENÇA E DE QUEBRA PERDE PARA CIRO

PRODUÇÃO AFINSOPHIA.ORG

 

Não tem outra realidade para as eleições presidenciais de 2022: Bolsonaro é sua própria derrota, mesmo que se não houvesse pandemia. Bolsonaro não é senhor de nenhum signo referente ao princípio determinador de uma autoridade-política-presidencial. Talvez não conseguisse ser nem presidente de um time de futebol que contivesse Felipe Melo, alguns jogadores do Flamengo e Seleção da Copa Covidão da América com Tite como Técnico.

Bolsonaro, em relação as eleições presidenciais de 2022, é sua própria produção como quadro eleitoral desgraçado. Bolsonaro só é candidato de seus iguais. Os que são contra a preocupação sanitária com a saúde pública. Os que não usam máscaras, isolamento corporal, e, de quebra, são anti-vacina. Tudo que a pedagogia-tanática do chefe propaga e prega,

Diante dessa realidade democrática, a derrota dele nas eleições que se anunciam, mostrada por todas pesquisas eleitorais incontestáveis, não ha qualquer dúvida de que seu evento foi total fracasso. E a pesquisa XP/Ipespe divulgada hoje, dia 11, na bênção de Santo Antônio, só difunde o incenso da desgraça aplaudida pelos democratas.

De acordo com pesquisa, no primeiro turno Lula abiscoita quatro pontos na frente do ídolo da extrema-direita. Já no segundo turno a diferença aumenta para nove pontos. Lula subiu de 42% para 45%, e o marqueteiro do tratamento precoce caiu de 40% para 36%. 

A pesquisa foi realizada por telefone com mil entrevistados nos dias 7,8,9 e 10 de junho. Não esquecer que a XP reflete a subjetividade dos empresários.

E onde entro o Ciro? Entra aqui. Em um cenário em que Lula não participa, no segundo turno Ciro teria 41% contra 37% do personagem central da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). É mole?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.