PROCURADORA BOLSONARISTA FEZ MP PERDER PRAZO CONTRA FORO ESPECIAL DE FLÁVIO BOLSONARO

14 DE AGOSTO DE 2020.

Soraya Gaia, que já defendeu o fim da investigação sobre as “rachadinhas”, antecipou em segredo a contagem de prazo para que o MP recorresse contra o foro do senador

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A procuradora do Ministério Público do Rio de Janeiro, Soraya Taveira Gaya, apoiadora do presidente Jair Bolsonaro, antecipou a contagem de prazo para que a Procuradoria recorresse contra a decisão de foro privilegiado a Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). A manobra fez com que o MP perdesse o prazo contra a concessão de foro ao filho do presidente.

De acordo com a Folha de S.Paulo, Soraya acessou a intimação sobre o caso de Flávio no dia 2 de julho. A iniciativa contrariou a programação do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (GAECC/MPRJ), responsável pela investigação do caso, que pretendia dar início à contagem dos dias apenas no dia 6 de julho.

O caso diz respeito a uma decisão concedia em junho pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio. O órgão concedeu foro especial a Flávio no processo que investiga a prática de “rachadinha” em seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Bolsonarista, Soraya já defendeu o fim da investigação contra o filho do presidente em outras ocasiões. Em comunicado divulgado no dia 12 de maio deste ano, ela pediu a suspensão da apuração sobre o esquema de “rachadinha”.

Ainda, em setembro de 2019, a procuradora deu parecer favorável para que Flávio recebesse foro privilegiado perante o Tribunal de Justiça no caso Queiroz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.