LOGO APÓS INVESTIGAÇÃO VAZAR PARA FLÁVIO BOLSONARO, NATHÁLIA QUEIROZ INTERROMPEU REPASSES PARA O PAI

13 DE AGOSTO DE 2020.

Filha de Queiroz recebia salários do então deputado Bolsonaro na Câmara dos Deputados e os repassava no esquema de “rachadinha” para o pai

Reprodução

Os repasses mensais que a personal trainer Nathália Queiroz fazia ao pai, o policial militar aposentado Fabrício Queiroz, foram interrompidos logo após o suposto vazamento de informações ao senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) sobre investigações que envolviam seu então gabinete na Assembleia Legislativa do Rio.

Nathália, na época, recebia salários do então deputado federal Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. De acordo com a quebra de seu sigilo fiscal, ela devolvia parte de seu salário para abastecer o suposto esquema de “rachadinha” operado pelo pai.

A última transferência feita por ela para o pai foi em 21 de setembro de 2018. Após essa data, ela recebeu vencimentos da Câmara dos Deputados em outubro e novembro, mas não os repassou ao pai como fazia havia 12 anos.

A data coincide com a do suposto vazamento de informações da Polícia Federal sobre investigações em torno do então gabinete de Flávio na Assembleia.

Com informações da Folha

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.