PSOL PEDE QUE STF AUTORIZE INVESTIGAÇÃO DE BOLSONARISTA QUE AMEAÇOU FELIPE NETO

01 DE AGOSTO DE 2020.

Bancada também enviou requerimento à CPMI das Fake News pela quebra dos sigilos de Leandro Cavalieri

Reprodução/TV Globo

A bancada do PSOL protocolou na sexta-feira (31) uma petição no Supremo Tribunal Federal (STF), assim como um requerimento na CPMI das Fake News, solicitando a investigação de Leandro Cavalieri, homem que ameaçou o youtuber Felipe Neto e que se intitula “guerreiro de Bolsonaro”.

No requerimento à CPMI, parlamentares pedem a quebra dos sigilos bancário, fiscal, telefônico e telemático do acusado.

Cavalieri e outros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro chegaram a ir até a o condomínio do youtuber para ameaçá-lo. A gravação das ameaças foi noticiada na edição de quinta-feira (30) do Jornal Nacional, da TV Globo.

“Irem atrás de mim dentro da minha casa é uma coisa que eu nunca imaginei que aconteceria”, afirmou o influenciador ao jornal. Felipe Neto também foi alvo, recentemente, de fake news coordenadas pelo “gabinete do ódio” que o acusam de incentivar a pedofilia.

Além das ameaças a Felipe Neto, a bancada do PSOL diz que Cavalieri também faz parte do grupo que lançou fogos de artifício no STF, no mês passado, em Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.