OPOSIÇÃO CRITICA SOLTURA DE QUEIROZ: ‘VAI CUMPRIR A PRISÃO DOMICILIAR NO PALÁCIO DA ALVORADA?’

Parlamentares apontam irregularidade na concessão de benefício para a esposa foragida e prêmio por acordo com o centrão

Flávio Bolsonaro, com o ex-assessor Fabrício Queiroz e com o pai, Jair (Montagem)

Lideranças políticas reagiram com indignação e preocupação à decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça de conceder prisão domiciliar para Fabrício Queiroz e a mulher dele, Márcia Aguiar.  A decisão em caráter liminar é do ministro João Otávio de Noronha, que acatou pedido de habeas corpos da defesa do casal.

Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e amigo do presidente Jair Bolsonaro há quase 30 anos, Queiroz estava preso desde o dia 18 de junho em Bangu, zona norte do Rio. Ele é apontado pelo Ministério Público como o operador de um esquema de corrupção no antigo gabinete de Flávio, quando ele era deputado estadual no Rio de Janeiro. Já Márcia tem pedido de prisão decretado e está foragida da Justiça.

A presidente do PT e deputada federal, Gleisi Hoffmann (RS), afirma que a “liberação rápida de Queiroz” foi garantida pelo “comportamento acuado” de Bolsonaro e pela manutenção dos acordos com o centrão.

“Se continuar comportado e domesticado, ñ atrapalhando a agenda neoliberal em curso e atendendo ao centrão, não correrá risco de impeachment”, disse Gleisi.

“Queiroz vai cumprir a prisão domiciliar no Palácio da Alvorada, no sítio de Wassef, num dos apartamentos de Flávio Bolsonaro ou numa casa emprestada pela milícia em Rio das Pedras?”, questionou o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

A ex-aliada de Bolsonaro Joice Hasselmann (PSL-SP) classificou como “estranha” a decisão do STF e questionou o fato da Corte ter concedido prisão domiciliar para uma foragida da Justiça.

“Muito estranha a decisão do STJ de mandar pra casa Queiroz e a mulher. Como é possível decretar prisão domiciliar para foragida da Justiça? @FlavioBolsonaro e @jairbolsonaro estão muito gratos. O STJ realmente foi uma mãe para os parceiros/chefes de Queiroz”, afirmou Hasselmann.

Já o deputado federal José Guimarães (PT-CE) destacou que “quem esconde os segredos da família Bolsonaro continua sendo muito bem cuidado”. “Quem está querendo proteger Queiroz?”, indagou o parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.