‘OLHO DO CÉU’: CHINA ATINGE 100% DO FUNCIONAMENTO DO MAIOR RADIOTELESCÓPIO DO MUNDO (FOTOS)

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Depois de três anos de testes, o dispositivo de 500 metros de diâmetro iniciou sua atividade oficialmente.

A China anunciou que o radiotelescópio de abertura esférica de 500 metros FAST (acrônimo do inglês Five hundred meter Aperture Spherical Telescope) iniciou sua atividade oficial e em toda a sua capacidade mal foram alcançados os níveis esperados após três anos de testes, informou a mídia local.

Veículo deixa rastros de luz em uma foto de longa exposição sob o Telescópio Esférico de Abertura de 500 metros (FAST)
© AP PHOTO / LIU XU / XINHUA
Veículo deixa rastros de luz em uma foto de longa exposição sob o Telescópio Esférico de Abertura de 500 metros (FAST)

O alto funcionário do Departamento de Alta Tecnologia da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China, Shen Zukin, assegurou que pelo seu rendimento, o FAST é o líder mundial no seu segmento. Por sua vez, Jiang Peng, engenheiro-chefe do dispositivo, afirmou esperar que nos próximos três anos o dispositivo permita realizar grandes descobertas científicas.

Em dois anos, o radiotelescópio identificou 102 novos pulsares (estrelas de nêutrons) número que segundo a agência Xinhua supera o alcançado conjuntamente pelos cientistas europeus e estadunidenses no mesmo período. Além disso, melhorou a sintonização com os pulsares em cerca de 50 vezes em comparação aos níveis anteriores, possibilitando pela primeira vez a detecção de ondas gravitacionais Nahertz de frequência extremamente baixa.

O FAST vai ser gradualmente disponibilizado a astrônomos de todo o mundo.

O radiotelescópio está localizado na província de Guizhou, no sudeste da China, e tem um diâmetro de 500 metros.

O aparelho é formado por uma antena parabólica com área equivalente a 30 campos de futebol e formada a partir de 4.450 painéis.

O custo da sua construção foi de 180 milhões de dólares, tendo as obras sido concluídas em julho de 2016 e o telescópio sendo inaugurado em setembro desse mesmo ano.

Pôr do sol sobre Telescópio Esférico de Abertura Esférica de 500 metros, 27 de junho de 2016
© AP PHOTO / LIU XU / XINHUA
Pôr do sol sobre Telescópio Esférico de Abertura Esférica de 500 metros, 27 de junho de 2016

Para tornar possível a concretização do projeto, 9.110 pessoas que viviam na zona foram realocadas para cinco quilômetros de distância para ficarem protegidas das ondas eletromagnéticas emanadas do dispositivo.

Apelidado de “Olho do Céu da China”, o FAST tem a capacidade para receber 38 gigabytes de informações por segundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.