O GOLPISTA TEMER ESCREVE CARTA AOS SEUS SEMELHANTES SE DIZENDO INDIGNADO COM A “CONSPIRAÇÃO” PARA DERRUBÁ-LO

Resultado de imagem para imagens de temer

Produção Afinsophia.

Todo golpe não é só um atentado contra a democracia e a política, como essência dos cidadão que vivem em sociedade, mas também a  demonstração da aberração que domina os golpistas. O que significa que todo golpista não é perpassado pelo valor-afeto pudor, honradez e moralidade. No contexto geral de uma sociedade um golpista é um corpo corrompido democraticamente. O golpista não vivenciou, em seus percursos existenciais, a singularidade da alteridade entre os indivíduos que os transformam em potência humanidade. O viver em sociedade pela sensibilidade, razão e ética.

Quando um golpista desespera afirmando que lhe estão perseguindo, qualquer democrata sabe que ele não fala a verdade, porque ele, em seu universo aberrante, não sabe o que é perseguição, em virtude de não conter em si a dimensão da honradez que incomoda o perseguidor. Dilma pode falar em perseguição em função de ter sido atingida pela imoralidade das aberrações.

Temer é o líder do golpe. O golpe foi a perseguição e execução cruel sobre democracia amparada em mais de 54 milhões de votos livres. Nenhum democrata persegue o golpista Temer. Os democratas apenas lutam pelo movimento real do existir político do Brasil que foi violentado pelos golpistas das mídias, parte do judiciário, empresários e parlamentares.

Daí que a perseguição que Temer se refere é o comportamento de seus próprios semelhantes que visam mais ganhos materiais e não democráticos. Por isso, o seu desabafo missivista é apenas entre eles mesmos. Apesar de causar nos democratas um certo significado hilário. Ele um conspirador lamentar afirmando que há uma “conspiração” contra si.

“São muitos os que me aconselham a nada dizer a respeito dos episódios que atingiram diretamente a minha honra. Mas para mim é inadmissível. Não posso silenciar. Não devo silenciar”.

“Jamais poderia acreditar que houvesse uma conspiração para me derrubar da Presidência da República. Mas os fatos me convenceram. E são incontestáveis”.

“Agora trazem de volta um delinquente conhecido de várias delações premiadas não cumpridas para mentir, investindo contra o presidente, contra o Congresso Nacional, contra os parlamentares e partidos políticos”, diz trechos da carta.

Coisas de Temer, o honrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.