O FILÓSOFO NIETZSCHE PERGUNTA, AOS BRASILEIROS INDIFERENTES, EM QUE ERA VIVEM

Resultado de imagem para imagens de nietzsche

Produção Afinsophia.

 O filósofo Nietzsche, afirma que os homens agidos são aqueles que não agem só reagem. Por tal, são os niilistas. Os que cultuam o pessimismo como forma de impedir o movimento da Vontade de Potência. São homens cujo nascimento já os trouxe como epígonos: os que nascem com os cabelos brancos. Para quem a vida é sofrimento eterno.

   Imobilizados, eles se apegam as ilusões que suas perspectivas ressentidas lhe proporcionam. Sua luta é se manter longe dos embates da vida como florescimento do viver. São homens enfermos, mas que essas ilusões lhes deposita satisfaçam como se fossem a representação da saúde. Ao contrário da vida ativar o pensamento neles e o pensamento afirmar a vida, neles o que predomina é a existência sem vida ativa e pensamento confirmador.

    Nesse quadro mórbido, inimigo da vida, eles não poderiam se arrastar de outra forma, a não ser como macabros indiferentes. São eles os que no momento atual, em que o Brasil passa pela maior dor de sua história, onde o pessimismo vem se consagrando como o rumo necessário, em forma espectral, que curvam as cabeças em uma dor lânguida como forma de se desvencilharem da vida. 

      Eis a pergunta de Nietzsche.

     “A mais nobre virtude. – Na primeira época da humanidade superior a valentia é considerada a mais nobre das virtudes; na segunda a Justiç, na terceira, a moderação, na quarta, a sabedoria. Em que era vivemos? Em qual vive você?”.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.