PROGRAMA “MINHA CASA, MINHA VIDA”: SUCESSO SE REFLETE NAS RUAS E NO SITE DA CAIXA ECONÔMICA

O Programa “Minha Casa, Minha Vida” é um sucesso. Nas paradas, nos quiosques, botecos, tabernas, escolas, repartições, dentro dos coletivos (quando se consegue pegar um!), nas calçadas, nas lojas, nas delegacias e até nos shoppings, não se fala em outra coisa: é o “programa das casas do Lula e da Dilma”. Todo mundo quer saber como se faz para adquirir a casa própria e sair do aluguel. São evidências de um governo ocupado democraticamente com as demandas históricas da população brasileira. Depois, a direitaça não sabe porque anda sofrendo nas urnas desde 2002…

Além dos rumores (verdadeiras ventanias!) nas ruas, também a Caixa Econômica Federal traz dados reveladores, como informa a Agência Brasil:

AUMENTAM AS CONSULTAS SOBRE PROGRAMA HABITACIONAL NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Daniel Lima – Repórter da Agência Brasil

Brasília – A presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Coelho, informou hoje (21) que após o lançamento do programa Minha Casa, Minha Vida, cresceu o número de acessos à simulação de financiamento habitacional no site da Caixa.

Segundo ela, o simulador da Caixa tinha 74 mil acessos por dia e, a partir do lançamento do programa, passou para 450 mil acessos por dia, com mais de 1 milhão de simulações. “Significa que as pessoas estão procurando as informações para poderem ter acesso à casa própria”.

Segundo Maria Fernanda, muitas construtoras já estão apresentando seus projetos à Caixa e municípios já assinaram o termo de adesão. “Nossa expectativa é que entre 8 a 12 meses já comecemos fazer entrega de unidades.”

O programa Minha Casa, Minha Vida, foi lançado no dia 25 de março e prevê a construção de 1 milhão de casas. Desse total, 400 mil serão destinadas a famílias com renda de até três salários mínimos.

Fonte: Agência Brasil.

O governo federal também preparou um site onde se pode tirar as dúvidas gerais sobre o programa. O usuário interessado deve procurar informações diretamente nas agências da Caixa de sua cidade, pois cada uma tem o seu próprio cronograma. Em algumas, como Campinas-SP, as inscrições já estão abertas. Em outras, ainda não há sequer previsão de quando entrarão no programa, porque nem prefeito ainda foi eleito. Interessante observar a iniciativa do Paraná, onde os movimentos sociais de reivindicação de moradia criaram um fórum para acompanhar todas as etapas do processo.

De qualquer sorte, a iniciativa do governo federal, através do presidente Lula e da ministra da casa civil, Dilma Roussef – a mãe do PAC – demonstra a diferença entre um governo simulado, mantido com a ajuda da aparelhagem dos truques marketistas (aqui e aqui), e um governo pautado na realidade social, compondo novos afectos e perceptos da ordem de uma cidade democrática, como potência de agir.

7 thoughts on “PROGRAMA “MINHA CASA, MINHA VIDA”: SUCESSO SE REFLETE NAS RUAS E NO SITE DA CAIXA ECONÔMICA

  1. Ronildo,

    O que vale é a renda, e não a composição familiar ou ser portador de necessidades especiais. Procure a Caixa Econômica do seu município.

    valeu!

  2. As inscrições vai até que data limite em Brasília-DF?
    Sei que teve no centro de convenções no dia 9 ao dia 18 de maio…
    Caso já tenha passado a data de inscrição, quem perdeu terá outras datas para fazer o cadastro? Tem previsão? Quando?

  3. Elcio,

    Você deve procurar a prefeitura de Campinas ou a Caixa Econômica Federal para se informar quais os empreendimentos que estão sendo financiados com o “Minha Casa, Minha Vida”.

    Feliz Casa Nova!

  4. Eu comprei um imóvel e meu subsidio caiu pela metade e as parcelas aumentaram pois a caixa está considerando meu aux transporte e alimentação como renda bruta. Já que recebo tudo direto no contra cheque.

    Isso é correto?

    Essa informação é muito importante pra mim, pq essa mudança ira comprometer muito minha renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.