LEMBRANÇAS ELEITORAIS MARANHENSE AOS MANAUARAS CASSADO E POSSÍVEIS

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, Henrique Neves, rejeitou a medida liminar do candidato à prefeito de Santa Luzia, município do Maranhão, Márcio Rodrigues (PDT), que pleiteava diplomação e posse, como substituto, na vaga do candidato de seu partido eleito com 46,98% dos votos válidos, e que teve seu registro cassado.

MANAUARAS, CORREI!

De acordo com o ministro, embora Márcio Rodrigues apresente “sólidos argumentos”, o caso ainda encontra-se no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão e ainda não foi apresentado no TSE, por tal, “não se pode considerar inaugurada a jurisdição dessa corte”.

Ainda, para o ministro Henrique Neves, acatar a liminar levaria à diplomação e posse de candidato que não obteve registro, o que seria contrário ao entendimento do TSE.

OLHA NÓIS AÍ!

Ao responder à consulta 1657/PI, afirmou o ministro: “Sem que o registro tenha sido diferido, não há como se pretender a diplomação”.

Desta forma, a justiça eleitoral, tanto em primeiro, como em segundo grau, não acatou o pedido de Márcio Rodrigues, por julgar intempestivo.

OLHA NÓIS AÍ DE NOVO!!

O Ministro Henrique Neves negou mandado de segurança com liminar ao candidato cassado Guilherme Fernandes e seu vice, também cassado, Juvenal Fernandes, eleitos na cidade paulista de Igaraçu do Tietê, que foram cassados pelo TRE/SP por compra de votos. O Ministro manteve a decisão do TRE, afirmando que a jurisprudência do TSE para condenações com base no artigo 41-A (o mesmo da cassação de Amazonino) devem ser efetuadas imediatamente. Pesou contra a dupla o fato de que documentos necessários à análise dos recursos não foram enviados junto ao processo. Descuido da defesa (também recorrente no caso de Amazonino).

AI, AI, AI AI, TÁ CHEGANDO A HORA…”

3 thoughts on “LEMBRANÇAS ELEITORAIS MARANHENSE AOS MANAUARAS CASSADO E POSSÍVEIS

  1. MANAUS FOI A ÚNICA CAPITAL BRASILEIRA QUE ELEGEU UM PREFEITO PROVISÓRIO.
    TÁ CHEGANDO A HORA, A HORA TÁ CHEGANDO!
    LEMBREI-ME DO POLÍTICO IGNORANTE QUE, QUANDO A JUSTIÇA FOI AO SEU ENCALÇO, ESTE CORREU.
    ENTÃO A JUSTIÇA FALOU, NÃO CORRAIS!
    E O POLÍTICO RESPONDEU, NO CURRAL TÁ SUA MÃE!
    ESSA É BOA!

  2. Manaus diplomou um prefeito provisório, porque no TRE-AM tem poucos honestos, é um orgão que negocia as decisões de acordo com interesses pessoais, tá todo mundo careca de saber que houve conchavos entre o Desembarcador Ary Moutinho e o então prefeito cassado Amazonino Mendes, tanto é que logo após a decisão o Ary Moutinho Finho foi nomeado para o TCE,essa é para chorar OU POUCA VERGONHA DESSE TRIBUNAL……….

  3. Moura,
    há muito que a classe política não está interessada na moral, mas do humor ela tem temor, pois o humor deixa livre a razão para analisar sem ressentimento, e sim com a inteligência…

    Elaine,
    o importante é que você/nós, o povo sabe, e como as coisas nos últimos tempos tem mudado no Brasil, se eles forem (como tudo indica) ou não forem cassados, a taquicardia, a pressão alta, o medo, a impotência lhes perseguem, basta ver o rosto de Amazonino, Ari Pai e Filho, Henrique Oliveira…

    Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.