PESQUISA IBOPE COLA NA PERSPECTIVA

Na sociedade gerida pelo sistema capitalista, os institutos de sondagem de opinião pública são impulsionados por dois desejos (desejo como simulacro da necessidade natural produzido pela entropia capitalista):

1. A sondagem ligada à sociedade de consumo, com seus bens materiais duráveis e não-duráveis, e os gostos abstratos das consideradas expressões “artísticas”, como música, cinema, telenovela, jornais, revistas, teatro doméstico, CD, DVD, tudo que configura o universo do entretenimento valor-econômico.

2. A sondagem ligada às intenções dos eleitores quanto a candidatos preferidos em tempo de eleição.

Entretanto, seria simplista demais o segundo desejo se portar apenas como uma sintética sondagem de opinião dos eleitores. O curriculum de alguns institutos de pesquisa no Brasil já mostraram que, em tempo de eleição, as sondagens não são reduzidas apenas à opinião dos eleitores. Muitas delas extrapolam este objetivo, e transformam-se em cabos eleitorais de alguns candidatos, principalmente os que detém mais dinheiro para gastar na campanha. Estes institutos, identificados com os candidatos para quem estão a serviço, acreditam, juntamente com estes candidatos, que resultado de “pesquisa” ganha eleição. No Brasil, este tipo de recurso fraudulento foi durante algum tempo tema de discussão de alguns parlamentares para criação da CPI do IBOPE. Visto que são várias as queixas contra este instituto de pesquisa, que, em muitos momentos, teve seus resultados contestados. Não porque o candidato classificado como possível derrotado tenha sido derrotado, mas, sim, porque no final foi o vitorioso. E não porque os eleitores no momento de votar optaram por ele, mas porque a “pesquisa” mostrava claros rastros de tendenciosidade. O caso Brizola, no Rio de Janeiro, é um forte testemunho contra esse instituto. Como também outros candidatos em estados variados.

AS PESQUISAS EM MANAUS

Manaus também não escapa deste desejo do desejo dos institutos de sondagem de opinião. Sempre que começam as eleições, as primeiras “pesquisas” consumadas pelos institutos, e, nos casos específicos, Perspectiva e IBOPE, mostram sempre os candidatos das direitas em primeiro lugar, com larga vantagem sobre os outros, que durante todo o transcurso do campanha eleitoral continuam apenas como os outros.

Neste momento, as “pesquisas” dos dois institutos não fogem à vetusta regra: Amazonino, o representante maior da direita, aparece em primeiro lugar, seguido por Omar, neófito direitista de grande talento. O que enuncia como chamada de atenção ao eleitor? O IBOPE trabalha para Rede Globo; em Manaus, a Globo é retransmitida pela Rede Amazônica, cuja orientação editorial é notoriamente de direita. No caso da Perspectiva, a que arredonda números, embora queira se mostrar livre quanto às suas companhias, sabe-se próxima à direita Amazonino. Aí a desconfiança que o eleitor atento passou a ter dos dois institutos. Por isso, quando é enunciada uma “pesquisa”, ele põe-se a gargalhar.

E não é só por estes comprometimentos das duas empresas com a direita, é mais pelo histórico das duas: nas eleições passadas para prefeito, as duas empresas, coadjuvadas com a imprensa, “estou com quem melhor pagar”, até as vésperas das eleições, davam como certa a vitória de Amazonino, quando foram contados os votos, lá estava o resultado: Amazonino fora. Ganhou Serafim, hoje candidato à reeleição.

Prova de que empresas de sondagem de opinião, como cabo eleitoral, propaganda de candidatos, seja na superstição ou no real, trabalham sempre contra estes candidatos. Mas a direita tem baixíssimo grau de cognição: nunca aprende.

3 thoughts on “PESQUISA IBOPE COLA NA PERSPECTIVA

  1. A eleição pole-position
    A rede Globo detém a exclusividade das transmissões dos treinos e das corridas de fórmula 1 desde década de 70 e durante todos esses anos ela tem criado heróis, verdadeiros super-homens em suas maravilhosas máquinas. Em todo mundo é sabido que corrida de carros não é considerada esporte apenas um laboratório dos grandes fabricantes da indústria automobilística, mas a Venus platinada do Jardim botânico através de seus narradores e comentaristas insiste no delírio esportivo-festivo para arrastar literalmente multidões de incautos telesospectadores para aumentar ainda mais os seus índices de audiência. Como todo Mar-t-king o objetivo maior é criar a famosa ilusão da felicidade ao alcance do tele-consumidor-patriota de que a vitória dos pilotários trará a recompensa de suas frustrações. A sensação de ser o ganhador mesmo que seja através da vitória alheia equivale à pessoal, essa mesma idéia pode aplicadas as eleições para prefeitura de Manaus desde 1996 os famosos institutos de eleitoral pesquisa eleitoral tem feito algo parecido com a formula 1 indicam disparado na frente com no mínimo 50% o candidato da direita, um verdadeiro pole-position eleitoral, mas que no decorrer da prova-corrida-eleitoral revela-se um piloto de formula 0. Assim como intelectopectadores globais cria-se da vitória antecipada, ou seja, um ufanismo inflado por Gavião Boyeno de plantão com suas patriotadas usuais e um triunfalismo iminente de batalhas que nem é suas levando o possível eleitor-espectador escolher o provável vencedor. Nessa Pesperctiva o i-Bope daqui não é diferente tenta-se induzir o eleitor-torcedor a possibilidade de um pleito com fatura liquidada, sem a menor cerimônia tenta-se bloquear o pleno exercício da cidadania pela propaganda do já ganhou e levou. O próprio TSE divulga freqüentemente que o sufrágio universal é um direito que deve ser exercido de uma forma livre e consciente não manipulado, mas a população está atenta a esses movimentos indutores-redutores, nas ruas, paradas e praças os populares vão exercer a real pesquisa e não a virtual eleição.

  2. E o que é mais incrivel, na pesquisa boca de urna eles aproxima os numeros mais proximos ao real e depis vem durangos duartes da cvida se vangloriando de ser o unico a ter acertado a pesquisa, em que planeta ele tava fazendo pesquisa entao pois nao encontrei ninguem que votaria no omar, ele vive dizendo que se errar as pesquisas iria embora de manaus entao porque nao cumpre no lugar dele teria vergonha de continuar feito um ridiculo manipulando as pesquisas e depois dizendo que acertou

  3. olá meu nome é sandra s siqueira trabalho como recrutadora e gostaria muito de fazer parte desta conceituada empresa .tenho banco de dados e bastante experiencia , ja trab com outras empresas sendo renovathi, ipsos . d fatto e zap meu telefone pra contatro é 22558618/ 92581048…obrigada espero um contato , obs meu email mario.tinem@terra.com.br grata

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.