MEMBROS DO PARTIDO DOS TRABALHADORES DO AMAZONAS, SE REUNIRAM PARA TRATAR DE CANDIDATURAS

PRODUÇÃO AFINSOPHIA.ORG

 

Membros do Partido dos Trabalhadores (PT) do Amazonas, se reuniram em Manaus, em um Café da Manhã, pela parte matutina de hoje, dia 27, na residência do filósofo, ativista, professor Miguel Oliveira e sua companheira pedagoga e ativista, Aldenice Oliveira, para tratarem do tema principal do momento no contexto político eleitoral do Brasil; indicação de candidaturas.

Como o partido é constituído de vários seguimentos, e luta para que os princípios democráticos sejam, tanto na práxis como na poises, concretamente o espírito político de seus desejos-coletivos, o tema foi examinado conforme os postulados reais da dialética-partidária.

Sabe-se, que embora o partido já tenha uma indicação para a disputa do governo estadual, o candidato João Pedro, entretanto, seu nome ainda não é consenso entre todos os filiados, principalmente da ala mais reacionária, área reacionária que inclusive votou em Bolsonaro e é apoiadora de todas as ideias conservadoras que imobilizam a história do estado e de sua capital, Manaus. A prova do reacionarismo é expressada na negação do nome de João Pedro que é candidato de Lula que é da tendência Novo Brasil. O único candidato à presidência da República com clara condição de ser eleito no primeiro turno, segundo as pesquisas.

Outras candidaturas também discutidas foram a escolha do candidato ao Senado e dos candidatos à Assembleia Legislativa e Câmara Federal, mesmo com a indicação a reeleição do, então, deputado federal, José Ricardo que se fez presente.

Segundo informações obtidas por esse Afinsophia, a reunião alcançou seus propósitos democráticos. As eleições de 2022, serão vivenciadas com os pressupostos sensíveis, racionais e éticos. Faculdades essenciais para o agenciamento de enunciações coletivas capazes de produzir novas formas de sentir, ver, ouvir e pensar refletindo um novo Amazonas, uma nova Manaus e um novo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.