FLÁVIO DINO, GOVERNADOR DO MARANHÃO, SAI DO PCDB

PRODUÇÃO AFINSOPHIA.ORG

 

O mais politizado, eficiente, progressista e ético dos governadores do Brasil, Flávio Dino, depois de 15 anos militando no Partido Comunista do Brasil (PCdoB) faz sua despedida da agremiação que com sua inteligência e coragem ajudou a se fortalecer como partido político de esquerda.

Sua capacidade política-jurídica-administrativa fez com que o estado do Maranhão se torna um modelo de administração pública. O que faz parte da essência dos socialistas engajados na Vida-Comunitária. E é exatamente por essa essência-política que o estado de Gonçalves Dias se mostra como o primeiro estado a vacinar toda sua população contra a Covid 19. Flávio Dina encabeçou o consórcio democrático da vacinação no Nordeste, mesmo com todas as ameças do representante maior da pulsão da morte, Bolsonaro. O marqueteiro propulsor da pandemia. O extremista antidemocrata. 

“Informo que pedi desfiliação ao PCdoB. Desejo êxito ao Partido na sua caminhada em defesa de uma Pátria Livre e Justa. Uma grande Frente da Esperança é um vetor decisivo para um novo ciclo de conquistas sociais para o Brasil. A tal tarefa seguirei me dedicando”, afirmou Flávio Dino, governador maranhense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.