NA UTI, BOLSONARISTAS SE ARREPENDEM DE TER TOMADO “KIT DO NOSSO PRESIDENTE”, COM CLOROQUINA

0

Médico ouvido pelo jornalista Rodrigo Ratier diz que é cada dia mais comum pessoas que estão na UTI confessarem que estão arrependidas de terem tomado cloroquina e ivermectina, “receitadas” por Bolsonaro, quando testaram positivo para a Covid-19

 

facebook sharing button
twitter sharing button

Reportagem de Rodrigo Ratier, no blog Ecoa, no portal Uol nesta segunda-feira (29), revela que médicos afirmam que é cada dia mais comum ouvir de pessoas que estão nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) por causa do coronavírus que se arrependeram de terem tomado o chamado “kit Covid”, composto de cloroquina, ivermectina e azitromicina recomendado por Jair Bolsonaro que não tem comprovação científica contra a doença.

“Muitos pacientes falam que não usavam máscara, que tomaram ivermectina ou o ‘kit covid’”, diz um profissional de saúde ouvido pelo jornalista que pediu anonimato. “Vejo relação direta entre as falas do presidente minimizando a pandemia e esse tipo de caso”, completa.

Em um dos casos relatados uma cuidadora de idosos de um asilo em São Paulo teria rejeitado a vacina após testar positivo para a Covid-19 disse ao médico que recorreu ao “kit do nosso presidente”.

“Ela estava no cateter de oxigênio sofrendo para caramba. Superculpada, superarrependida. Achou que as coisas iam funcionar, que não era uma doença perigosa. Chorou durante toda a nossa conversa”, contou.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.