ALEXANDRE DE MORAES É SORTEADO RELATOR DO INQUÉRITO CONTRA BOLSONARO NO STF

O ministro do STF Alexandre de Moraes durante solenidade de posse do novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli.

Ministro assume processo que estava sob responsabilidade de Celso de Mello, que se aposentou neste mês

O ministro Alexandre de Moraes foi sorteado nesta terça-feira (20) como novo relator do inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) interferiu de forma indevida na Polícia Federal.

O inquérito era relatado pelo ministro Celso de Mello, que se aposentou na semana passada.

Com isso, o presidente do STF, ministro Luiz Fux, determinou a escolha de um novo responsável pelo processo. O sorteio foi feito por meio do sistema eletrônico do STF.

O inquérito foi aberto a pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República), depois que Sergio Moro deixou o Ministério da Justiça dizendo que o militar reformado tentou interferir no comando da PF.

Bolsonaro tem negado ter cometido qualquer irregularidade.

Quando era relator, Celso de Mello chegou a determinar que o titular do Planalto prestasse depoimento pessoalmente, e não por escrito, como queria a defesa. O então decano do STF afirmava que, como Bolsonaro é réu no processo, não tinha a prerrogativa de depor por escrito.

A Advocacia Geral da União (AGU) recorreu da decisão, que foi para o plenário da Corte. E Mello, antes de se aposentar, deu seu voto para que Bolsonaro deponha, sim, pessoalmente. Esse julgamento está suspenso.

Com informações do UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.