DANIEL SILVEIRA, NAZIFASCISTA DO BOLSONARISMO, VAI PERMANECER PRESO: CÂMARA DECIDE POR 364 CONTRA 130

PRODUÇÃO AFINSOPHIA.ORG

 

Câmara Federal mantém o deputado nazifascista do bolsonarismo, Daniel Silveira preso. A decisão é a mesma do Superemo Tribunal Federal (STF).

Com 364 votos, a Câmara Federal, decidiu pela manutenção do ultradireitista preso. O deputado foi julgado em função de  seu comportamento antidemocrático que agride e propaga o ódio, contra representantes das instituições. Uma aberração na semiótica democrática. 

Antes ele ainda ensaiou desculpas por seu comportamento, como fazem os poltrões, mas os 364 deputados não acreditaram. Como diz o filósofo Zé da Zilda : se é para pedir desculpa depois, então pense antes. Caso contrário, será tido como covarde. O covarde tem a boca grande, mas a coragem pequena. Em si, tudo é bazófia. 

Porém, o ultradireitista não encontra-se só na Câmara. 130 deputados com seus votos, mostraram que se assemelham a ele votando contra a manutenção da prisão.

Agora, o alcunhado deputado vai ficar esperando a decisão do Conselho Ética da Câmara que julgará o caso e seu possível impeachment.

A decisão de hoje foi mais uma perda na coleção de derrotas de Bolsonaro, propagador do ódio, e um ganho da democracia-representativa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.