FIOCRUZ CRIA SISTEMA PARA COLETAR DADOS E EMBASAR DECISÕES POLÍTICAS NO RS

0

Composto por mapas interativos, o sistema indica os estabelecimentos de saúde nas regiões inundadas após as chuvas

Crédito: Reprodução/ Fiocruz

O Observatório do Clima e Saúde, criado pela Fiocruz, anunciou que está coletando dados sobre o desastre que afeta o Rio Grande do Sul, para reunir informações necessárias para auxiliar gestores públicos na tomada de decisões.

Composto por mapas interativos, o sistema indica os estabelecimentos de saúde nas regiões inundadas após as chuvas torrenciais que atingiram o estado, além de mapear territórios em que a população é mais vulnerável aos fenômenos climáticos, como quilombos, favelas e aldeias indígenas.

Para contribuir com o apoio dedicado ao Rio Grande do Sul, a presidência da Fiocruz estipulou que os pesquisadores Christovam Barcellos, integrante do Observatório de Clima e Saúde, e Carlos Machado,  Barcellos, integrante do Observatório de Clima e Saúde, e Carlos Machado, da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp/Fiocruz), integrem as ações do Centro de Operações de Emergência (COE) do Ministério da Saúde (MS).

Para acompanhar os mapas, clique neste link.

Camila Bezerra

Jornalista

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.