“BOLETIM DE INTELIGÊNCIA” DE ANDERSON TORRES DETALHAVA LOCAIS EM LULA ERA MAIS VOTADO

0

Documento elaborado por auxiliar dentro do ministério serviu para tentar atrapalhar a chegada dos eleitores aos locais de votação nestas regiões

Por 

 

A Polícia Federal (PF) descobriu um “boletim de inteligência” produzido pela então diretora de Inteligência do Ministério da Justiça, Marília Alencar, que detalhava os locais em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) havia sido mais votado no primeiro turno.

O documento foi elaborado em outubro do ano passado pela delegada que, posteriormente, foi trabalhar com o ex-ministro da Justiça Anderson Torres, na Secretaria de Segurança do DF.

Tentativa atrapalhada

O levantamento serviu para que Anderson botasse de pé a tentativa de atrapalhar a chegada dos eleitores aos locais de votação nestas regiões, com a célebre operação feita pela PRF no dia 30 de outubro.

Ela tentou apagar o documento do seu celular, mas a PF recuperou parte do material.

Há ainda uma viagem fora de agenda de Anderson à Bahia, num avião da FAB, dias antes do segundo turno.

Ele viajou acompanhado do então diretor da PF Marcio Nunes. O objetivo foi pressionar o então superintendente regional, Leandro Almada, a atuar na operação no dia da eleição, dando apoio à PRF.

As informações são da coluna de Lauro Jardim

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.