ESPOSA DE DANIEL ALVES, PRESO ACUSADO DE ESTUPRO, DISSE QUE NÃO VAI SE SEPARAR, MAS NEM POR ISSO AUMENTOU O PREÇO DO PEIXE

0

PRODUÇÃO AFINSOPHIA.ORG

 

Joana Sanz, esposa do jogador de 39 anos, Daniel Alves, preso na Espanha acusado de estupro de uma jovem, depois de visitá-lo na prisão, afirmou que não vai de separar dele “no pior momento de sua vida”. E o movimento pelos direitos das mulheres em sua total integridade, pergunta: E quais foram os melhores momentos de um hominista que agride sexualmente uma mulher?

 

E mais, perguntam: Se uma mulher se cumplicia com um homem que é acusado de violência sexual contra outra mulher, que mulher é esta, já que o casamento na sociedade burguesa, na maioria dos casos, é uma prática de força e dominação contra as mulheres amparado pelas magias-fálicas das estruturas patriarcal-judaica-paulínea-familialista-burguesa?

 

Mesmo sem respostas, o certo realístico-social é que a moral-monetária-gastronômica sabe que a decisão anti-mulher de Joana Sanz, não ajudou em nada em aumentar o preço do peixe.

 

Ainda bem! Viva a democracia em que a alimentação do povo não tem qualquer relação com mundanidade da moral-cívica-burguesa.   

 

Como diz o pescador, Jara da Piracema: Coma peixe que é um Bem para a Saúde Física, Mental e Ética! 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.