DESEMBARGADOR NEY BELLO MANDA SOLTAR PASTOR MILTON RIBEIRO E SEUS IRMÃOS DE FÉ

Decisão se estende a todos os demais presos na operação deflagrada pela Polícia Federal na quarta-feira (22)

Ney Bello e Milton Ribeiro (Foto: Ascom/TRF-1 | Valter Campanato/Agência Brasil)

 

247 – O desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) Ney Bello concedeu nesta quinta-feira (23) um habeas corpus ao ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, ordenando sua soltura . 

A decisão se estende a todos os demais presos na operação deflagrada pela Polícia Federal na quarta-feira (22), incluindo os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, suspeitos de integrarem um gabinete paralelo que intermediava verbas do Ministério da Educação em troca de propinas.

.

“Num Estado Democrático de Direito ninguém é preso sem o devido acesso à decisão que lhe conduz ao cárcere, pelo motivo óbvio de que é impossível se defender daquilo que não se sabe o que é”, diz trecho da decisão de Bello. 

Os advogados de Ribeiro somente tiveram acesso aos autos do processo nesta quinta-feira.

O pedido de habeas corpus havia sido negado mais cedo por outro desembargador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.