“IREMOS À GUERRA!”, DIZ BOLSONARO, DESESPERADO COM AS PESQUISAS, AOS SEUS APOADORES

0

Jair Bolsonaro conclamou seus seguidores ‘à guerra’ ao afirmar que é preciso evitar que o Brasil ‘siga o caminho’ de países da América do Sul que elegeram presidentes de esquerda

Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/Facebook)

 

247 – Jair Bolsonaro (PL)  voltou a insinuar que pode tentar um golpe caso não seja reeleito no pleito de outubro, que, segundo as pesquisas de intenção de voto, tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como favorito. Utilizando um tom ameaçador, Bolsonaro disse que, “se precisar, iremos à guerra” com o objetivo de defender o seu conceito próprio de liberdade e para evitar que o Brasil siga o caminho de países que elegeram presidentes de esquerda, como Argentina, Venezuela e Chile.

“Não apenas eu, mas todos nós temos problemas internos no Brasil. Surgiu uma nova classe de ladrão, que são aqueles que querem roubar nossa liberdade”, disse Bolsonaro nesta sexta-feira (3) durante participação em evento realizado em Umuarama (PR). 

“Se precisar, iremos à guerra, mas quero o povo ao meu lado consciente do que está fazendo e porque está lutando” afirmou. “Temos que nos informar e nos preparar. Não podemos deixar que o Brasil siga o caminho de outros países da América do Sul”, completou em seguida.  

.

Ainda segundo ele, a “defesa do país” não compete apenas às Forças Armadas e não é possível esperar 2023, 2024 para “ver a situação do Brasil e falar do que não fizemos em 2022”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.