ELEITORES DE BOLSONARO COGITAM VOTO EM LULA, DIZ DATAFOLHA

 

Pesquisa aponta mistura ideológica entre base fiel ao bolsonarismo e eleitorado que se arrependeu em votar no atual presidente

Fabio Pozzebom – Agência Brasil

Jornal GGN – Os eleitores que votaram em Jair Bolsonaro no segundo turno das eleições em 2018 se dividem entre aqueles alinhados às ideias do atual presidente, e aqueles que defendem o voto no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2022.

Pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal Folha de São Paulo mostra que, no geral, 53% da população considera a gestão Bolsonaro ruim ou péssima; 24% a veem como regular e 22% avaliam como ótima ou boa. A maioria se inverte no caso dos eleitores do presidente: 46% de ótimo ou bom, 31% de regular e 22% de ruim ou péssimo.

Segundo a pesquisa, 57% dos brasileiros entrevistados nunca confiam nas declarações do presidente, enquanto 28% confiam às vezes e 8% confiam sempre. Entre os eleitores de Bolsonaro em 2018, 25% nunca confiam no que ele diz —34% sempre confiam e 40% às vezes confiam.

O Datafolha mostra que 24% dos que elegeram Bolsonaro querem que o Congresso analise seu impeachment, e 73% não querem isso. Na população, a proporção é de 56% favoráveis e 41% contrários.

Tais questões mostram que um quarto do eleitorado de Bolsonaro encontra-se em oposição a ele, um patamar próximo daqueles que declaram voto em Lula em um eventual segundo turno (23%). A maioria repete o voto (65%), e 12% declararam voto em nenhum, nulo ou branco.

O instituto ouviu presencialmente 3.667 pessoas com mais de 16 anos, em 190 municípios de todo o país, entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, chegando a três pontos para mais ou para menos na amostra de eleitores de Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.