PRODUÇÃO AFINSOPHIA.ORG

 

Na comemoração da realização do 27° Grito dos Excluídos, religiosos, leigos, sindicalistas, professores, operários, estudantes, artistas, jovens, crianças, representantes LGBT, de Manaus foram às ruas para protestarem contra o mais inútil e desqualificado representante da história da presidência da República Brasileira que anemiza sua Democracia: Bolsonaro.

Como não poderia ser diferente, os manifestantes se opuseram contra as formas irracionais, insensíveis e aéticas propagadas por Bolsonaro eleito por mais de 56 milhões de eleitores alienados, sádicos e masoquistas impulsionados pela inveja, ambição e mistificação, propriedades inumanas que obnubilam o sentido real do existir e que são fundamentadoras do sentimento de culpa coletiva que destrói o país chamado Brasil.

A festa do Grito dos Excluídos se fez como contestação pelos direitos humanos contra o descaso com a pandemia que já matou mais de 584 mil brasileiros, o despudor contra a vacinação, a corrupção, principalmente expressada pela própria família do dito cujo que ameça possessivamente a Constituição, os mais de 15 milhões de desempregados, a violência contra os indígenas, o fracasso da economia que proporcionou o aumento abusivo dos preços das mercadorias, além do desaparecimento de vários produtos fundamentais para a alimentação da população, principalmente a mais violentada pela tara do capitalismo neoliberal com sua psicose-paranoicamente-obsessiva pelo lucro de qualquer forma sem qualquer laivo de humanismo.

Pois foi neste ambiente de protesto e revolta que a Associação Filosofia Itinerante (AFIN), mais uma vez, compareceu ao Grito com seus membros para participar com seu engajamento composto pelos fluxos-mutantes e os quantas-desterritorializantes e documentar para a história do Amazonas os fatos através das lentes do filósofo-fotógrafo, mamulengueiro, educador-ativista e ator Alcir Madureira, e a seleção das imagens do psicólogo, e crítico de rock Tauená-Pixuto. 

Valeu, moçada! Valeu, Zumbi!

Valeu o Grito Além da Garganta dos que não se tomam como Excluídos, posto que são movidos pelos Sentidos, a Razão e a Ética-Social. Os agentes da Práxis e da Poieses!

Fiquem com as imagens!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 thought on “EM MANAUS, MANIFESTANTES DO GRITO DOS EXCLUÍDOS PROTESTAM PELO FORA BOLSONARO

  1. O 27° GRITO DOS (AS) EXCLUÍDOS (AS) em Manaus, AM, neste 07 de setembro de 2021, com a cobertura afinada do Site afinsophia.org e registros vivos com a marca ontológica da verdade do camarada Alci Madureira, mostrou ao Brasil e ao mundo que o verdadeiro grito de independência nasce de quem luta contra um Estado que inclui a maioria do povo na zona escura da exclusão dos direitos sociais. O povo, mesmo perversamente incluído, recusa a condição de excluído, porque responde com a alegria e as cores da luta às perversões sádicas do governo do crime, da destruição e da morte. Afinal, a quem se inclui na resistência e na luta, jamais caberá o nome de excluído. Excluído mesmo é quem inclui pela morte. Viva a luta e viva a vida dos que lutam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.