SENADOR DA CPI DA COVID É AMEAÇADO E ATACADO POR BOLSONARISTAS

Publicado em 29 abril, 2021.

Da Carta Capital:

O senador Otto Alencar

O senador Otto Alencar (PSD-BA), que abriu os trabalhos da CPI da Covid na última terça-feira 27, relatou a CartaCapital que foi alvo de ameaças por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o parlamentar, nas últimas semanas, ele chegou a receber cerca de 500 mensagens em seu celular e nas redes sociais com conteúdo intimidatório e ameaçador.

Otto é membro titular da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as ações e omissões do governo federal durante a pandemia.

“No meu telefone, nesses últimos 15 dias, você não pode imaginar a quantidade de mensagens de agressão, com palavras de baixo calão, tentando me intimidar”, disse o senador.

“Palavras rasteiras e grosseiras, em um sistema montado pelos seguidores do bolsonarismo. Eles fazem de tudo. Eu devo ter recebido umas 500 mensagens com o mesmo teor para desestabilizar”, acusa Otto, que prossegue: “É uma linguagem bem miliciana. Alguns dos termos eu nem conhecia”.

(…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.