PACIENTES DE MANAUS FOGEM DE HOSPITAL E PEDEM “MORRER EM CASA”

Relatos de enfermeiras ao O Globo mostram o drama da capital do Amazonas, em colapso

O colapso do sistema de saúde de Manaus, que vive o drama da falta de oxigênio desde a última quinta-feira (14), tem gerado uma reação desoladora por parte dos pacientes que estão internados na capital do Amazonas: a fuga para “morrer em casa”

Segundo reportagem jornalista Leandro Prazeres, publicada n’O Globo nesta terça-feira (19), pacientes não estariam aguentando o estresse provocado pelo caos no sistema e estariam pedindo para deixar as unidades médicas.

A matéria traz relatos de algumas enfermeiras que estão atuando em Manaus e enfrentando esse momento difícil.

Uma delas, do Hospital 28 de Agosto, deu a seguinte declaração sobre um paciente: “Ele queria ir embora pra casa. Ele falava que ia fugir porque, se fosse pra morrer, que morresse em casa e não longe da família”.

Além da capital, outras cidades do estado do Amazonas tem enfrentado o desabastecimento de oxigênio. A Prefeitura de Coari informou nesta terça-feira que sete pacientes que estavam internados no Hospital Regional morreram por falta do insumo.

A mesma situação aconteceu em Faro (PA), onde sete pessoas morreram nas últimas 24h por falta de oxigênio. O município, localizado na divisa entre Pará e Amazonas, depende muito de Manaus e Santarém (PA), que também enfrenta dificuldades.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.