MARCO AURÉLIO MELLO PEDE SAÍDA DE WEINTRAUB POR OFENSAS EM VÍDEO: “FIQUE PERPLEXO”

23 DE MAIO DE 2020,

Ministro da Educação de Bolsonaro defendeu prisão dos ministros do STF e os chamou de “vagabundos”

Ouça a matéria clicando aqui!

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, disse nesta sábado (23) que ficou “perplexo” com o vídeo da reunião ministerial do governo Jair Bolsonaro, divulgado na última sexta (22), como parte do inquérito que investiga a interferência do presidente na Polícia Federal.

“Tudo lamentável. Ante a falta de urbanidade, fiquei perplexo. O povo não quer circo. Quer saúde, emprego e educação”, disse Marco Aurélio ao jornal O Estado de S. Paulo. “Fosse o presidente (da República), teria um gesto de temperança. Instaria o Ministro da Educação a pedir o boné. Quem sabe?”, completou.

Em trecho do vídeo, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, diz: “por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF“. Ao levantar o sigilo do vídeo da reunião, o decano do STF, ministro Celso de Mello, apontou aparente “prática criminosa” na conduta de Weintraub, “num discurso contumelioso (insultante) e aparentemente ofensivo ao patrimônio moral” em relação aos ministros da Corte.

Com informações do UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.