EDITORIAL DA FOLHA DE SÃO PAULO, DIANTE DAS “SANDICES DO PRESIDENTE”, CLAMA: “RETIRE-SE!”

pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, em cadeia nacional de rádio e televisão, sobre o enfrentamento à Covid19 Foto: Reprodução TVbrasilgov

26 DE MARÇO DE 2020.

Jornal diz que presidente “estorva” a mobilização necessária para combater o coronavírus e “não aprende nem se cala” ao minimizar a pandemia.

Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro, em cadeia nacional de rádio e televisão, sobre o enfrentamento à Covid19 Foto: Reprodução TVbrasilgov

Em sinal de que tem monitorado a imprensa do País, o presidente Jair Bolsonaro foi às redes sociais na madrugada desta quinta-feira (26) para responder o editorial da Folha de S.Paulo que pede a sua saída da Presidência. “Presidente, retire-se”, diz o título do texto. “Não. Bom dia”, respondeu o ex-capitão.

No editorial, o jornal diz que o presidente “estorva” a mobilização necessária para combater o coronavírus no país. A Folha diz ainda que Bolsonaro “não aprende nem se cala” ao minimizar a pandemia, que já matou mais de 16 mil pessoas nos últimos três meses. Presidente também tem utilizado a economia como argumento para defender o fim do isolamento social.

“Não aprende as lições da ciência e dos técnicos em saúde pública de todo o mundo e de seu próprio governo. Não se cala para evitar a propagação das estultices que povoam a sua mente apalermada”, diz o texto da Folha.

“Tudo o que o Brasil não precisa neste momento é de um presidente que estimula a divisão e atrapalha a coordenação de diagnósticos e estratégias municipais, estaduais e federais contra a doença e o empobrecimento num país continental de 210 milhões de habitantes”, diz outro trecho do texto da Folha.

“O país tampouco pode perder tempo com brigas políticas entre o chefe de Estado e governadores, entre Executivo e o Congresso”, argumenta a Folha, em referência ao bate-boca desta quarta-feira (25) entre Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

“Que se forme um núcleo de governabilidade capaz de deixar em segundo plano as sandices do presidente”, finaliza o editorial.

Em pronunciamento nesta terça-feira (24) sobre o coronavírus, Bolsonaro acusou os meios de comunicação de “espalharam a sensação de pavor” no Brasil e promoveram o que ele chamou de “histeria” no país. Presidente também voltou a chamar o coronavírus de “gripezinha”. Declaração foi criticada por diversos jornais internacionais.

Folha de S.Paulo

@folha

Presidente, retire-se https://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2020/03/presidente-retire-se.shtml?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=twfolha 

Presidente, retire-se – 26/03/2020 – Opinião – Folha

Equipes técnicas da Saúde e da área econômica deveriam liderar a gestão da crise

folha.uol.com.br

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

– Não. Bom dia! 🇧🇷

32,4 mil pessoas estão falando sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.