MILHARES DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO AMAZONAS INICIARAM GREVE GERAL CONTRA O ABSURDO DO GOVERNADOR EM IMPOR GELADEIRA ANTI-TRABALHISTA ÀS CATEGORIAS PROFISSIONAIS

PRODUÇÃO AFINSOPHIA.ORG

 

Depois de várias tentativas através do diálogo-racional encontrar uma determinação satisfatória aos direitos dos trabalhadores junto ao governador do estado Amazonas, Wilson Lima – ex-apresentador de programa explorador da miséria popular -, sem receberem qualquer resposta convincente, os funcionários públicos da terra de Ajuricaba decidiram hoje, dia 8, deflagar greve geral cujo mote é REVOGA JÁ!

Logo pela manhã, os agentes públicos realizaram concentração na frente do palácio do governo, palco da arrogância-oficial, e tentaram manter diálogo com a dita autoridade. Alguns participantes discursaram e  apresentaram propostas para auxiliar no dinamismo da greve.

Na sequência, tomaram a iniciativa de realizar uma mega-carreata no dia de amanhã, partindo da Arena da Amazônia percorrendo algumas ruas da sofrida cidade de Manaus por força da ineficiência administrativa de vários governantes que há mais de trinta anos impuseram à capital e ao estado a condição deplorável de atraso. Que o governo atual só mantém a tônica.

A mega-carreata fará o seguinte itinerário: parte em direção da sede da SUSAM, no Bairro do Aleixo, desloco-se, em seguida, para a sede do Tribunal de Justiça, onde se realizará um pedido ao presidente do tribunal para tratar de uma ADIN contra ao congelamento dos salários. E depois, volta a transitar por várias ruas de Manaus sob o brado de REVOGA JÁ!.

De acordo com os trabalhadores, a greve geral é por tempo determinado: hoje e amanhã. Por enquanto. Tudo depende da intransigência do governador. Se a intransigência continuar, os funcionários públicos vão parar geral.

A vida é luta renhida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.