SENADO REAFIRMA SEU ESPÍRITO ANTIDEMOCRÁTICIO: LIBERA AÉCIO PARA A BALADA. EDUARDO BRAGA E OMAR AZIZ, DO AMAZONAS, VOTARAM COMO SEMPRE VOTAM: CONTRA A DEMOCRACIA

Resultado de imagem para imagens de aécio

Produção Afinsophia.

 Simples de entender. O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou o afastamento de Aécio, Mineirinho, Neves de seu cargo no Senado e lhe impôs a ordem de não poder sair pela noite. Depois, o próprio STF, decidiu que essas medidas cautelares deveriam ser julgadas pelo Senado. Como o Senado é composto, em sua maioria, por sujeitos-sujeitados sem qualquer dimensão política, não deu outra: 44 dos despossuídos  de dimensão política concederam a Aécio, o igual, direito para voltar às baladas.

   Há quem ainda lamente, se surpreenda, se diga envergonhado. Trata-se dos iludidos e analfabetos políticos que não sabem de que corpos se compõe o Congresso Nacional. Esqueceram da festa da imoralidade que essas aberrações proporcionam com a cassação dos direitos de mais de 54 milhões de eleitores, com o golpe que destituiu a presidenta Dilma do governo popular inaugurado por Lula.

   Não há porque se surpreender. A realidade congressista é esta: um corpo abjeto. Claro que tirando os 26 senadores que votaram pela saída do boêmio-mineiro envolvido com o transporte de mala de dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.